Animações Críticas Filmes 

Hilda e o Rei da Montanha | Crítica: Animação mostra o valor de estar perto de quem amamos e entender a diferença dos outros

Há 1 ano chegava a 2ª temporada de Hilda e agora a Netflix liberou um longa animado concluindo a trama das aventuras da curiosa garota por Trollberg e seu encontro com os Trolls. Hilda e o Rei da Montanha (2021), baseada no 6º livro de Luke Pearson lançado em 2019, tem incríveis momentos de conhecimento e união, mostrando que antes de ter medo de algo, é preciso entendê-lo.

Depois dos acontecimentos finais da 2ª temporada de Hilda, a jovem acorda com corpo de troll, enquanto Baba acorda em corpo humano em sua casa. As confusões são mil, mas no caminho de um retorno, um grande perigo passa em seu caminho, o Rei da Montanha é encontrado, em uma forma óbvia, e faz de Hilda sua amiga. Ele tenta ajudá-la a voltar ao seu corpo humano, mas há coisas a serem feitas…

Imagem: Netflix

A amizade entre a mãe troll e Hilda é muito gostosa de ver, e o motivo dela ter mandado o bebê troll para Johanna foi na tentativa de proteger seu bebê, pois algo estava crescendo e nem os trolls entendem o que tem acontecido. Até Hilda sente o chamado, mesmo sendo troll a pouco tempo.

Gosto da forma como as crianças evoluem na cidade, mesmo que David continue amedrontado, mas amo que Frida está cada vez mais forte e disposta a enfrentar as bruxas se for preciso, tudo para ajudar a amiga. Agora, toda a parte da patrulha troll dá um pouco de raiva, pois Ahlberg simplesmente não ouve nada a ninguém, só ao próprio ego e poder.

Johanna ficou ainda mais forte nesse longa, disposta a mover terras, quase que literalmente, para ter sua filha de volta, e o encontro delas é delicioso, assim como o de Baba e sua mãe. A questão é da mentira, até onde o Rei da Montanha, mentiu e manipulou Hilda.

Hilda e o Rei da Montanha tem em seu segredo uma ótima reviravolta, mesmo que previsível durante o longa com as visões de Hilda e Frida, a questão é como ela é exposta e o que ela acaba fazendo, afinal, o amor está sempre acima de tudo, pois tudo o que os trolls queriam era ser amado, e a cidade não foi destruída por algo maior, por carinho e amor ao mesmo tempo.

Pearson soube dar um final delicioso a essa parte das tramas, mostrar que mesmo entendendo os motivos, os humanos ainda iriam estranhar mudanças.

Hilda | Crítica 2ª Temporada: Animação traz muita aventura e fantasia de forma ainda mais encantadora

Hilda e o Rei da Montanha vem com muita sensibilidade mostrar que todos querem estar perto de quem ama.

Hilda tem suas 2 temporadas disponíveis na Netflix, somando 26 episódios.