Artigos Destaques Filmes 

A Família Mitchell e a Revolta das Máquinas, Maligno, Shang-Chi e os filmes favoritos de 2021

2021 não foi um ano fácil para o cinema! O ano começou com o Project PopCorn na Warner Bros com os lançamentos simultâneos nos cinemas e na HBO Max lá nos EUA, depois mais para frente com a chegada da mesma no Brasil, a Disney com o polêmico Premier Access, e o retorno gradual aos cinemas que explodiu em Dezembro com o lançamento de Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa.

E ao mesmo tempo que muitos filmes saíram no streaming, muitos mantiveram seus lançamentos no cinema, e outros foram vistos em festivais que voltaram com força também em 2021. Para compôr essa lista, eu selecionei filmes que eu vi em 2021, seja no circuito, seja em festivais e principalmente, longas que depois da temporada de 2020.

Tradicionalmente faço um Top 10, mas esse ano, ampliei para 15 e com um pequeno asterisco, o nosso jeitinho brasileiro.

Segue a lista.

15. Duna

O épico do diretor Denis Villeneuve vinha para trazer um respiro para a Warner Bros. e finalmente sair depois de algum tempo e adiamentos (como boa parte dos filmes da safra 2020/2021). E o diretor prometeu aquilo que cumpriu sem dúvidas e ainda deixou um gostinho de quero mais para a Parte 2.

14. Belfast

Tecnicamente Belfast só estreia no Brasil em 2022, mas tive a oportunidade de ver o filme nos cinemas durante o Festival do Rio em Dezembro e Kenneth Branagh consegue capturar a essência de uma infância destruída por conflitos da Irlanda que mudaram drasticamente a história dessa família. O ator Jude Hill esbanja talento e o restante do elenco tem seus momentos de destaque principalmente Caitriona Balfe. Uma poderosa jornada através das memórias.

13. Ataque dos Cães

Para cada 10 séries teen de gosto duvidoso, a Netflix tem seu Ataque dos Cães. E que filme lindo. A diretora Jane Campion nos entrega um conto triste sobre masculinidade tóxica, o poder das diferenças, em uma história ao mesmo sutil com um clima extremamente pesado e tenso. Dentre as paisagens rurais, os personagens de Benedict Cumberbatch, Kirsten Dunst e Kodi Smit-McPhee travam um silenciosa guerra.

12. –

O número doze dessa lista infelizmente só estarei liberado para colocar em 2022. Mas deixei uma dica no twitter.

11. Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis 

O filme e personagem que durante muito tempo foi eclipsado pelas outras produções da Marvel Studios (tanto nos cinemas quanto no Disney+) no ano, literalmente saiu o vitorioso na minha lista. E Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis faz o melhor filme do MCU (da Marvel Studios e Disney) do ano sem dúvidas. A presença carismática de Simu Liu no papel título faz toda a diferença num filme que apresenta um novo personagem e explora um novo canto do MCU.

10. Zola

“Ya’ll wanna hear a story about why me & this bitch here fell out? It’s kind of long but full of suspense.” Um filme criado depois de uma sequência de tuites? Era sim desde do anúncio. Uma pena que Zola chegou de forma tímida no Brasil, nas plataformas digitais, mas Taylour Paige e Riley Keough entregam uma das aventuras mais surreais e divertidas do ano.

9. Maligno 

Continuando na lista com os filmes que passaram um pouco batidos em 2021 eu deixo Maligno do diretor James Wan. Um lançamento pequeno, um filme de terror fora do padrão habitual, um elenco não muito conhecido, e um grande plot-twist que fez o time da Warner Bros sofrer para divulgar o longa sem que os spoilers contaminassem a experiência do público em ver o filme. E Wan conseguiu superar todos esses desafios e entregar um dos filmes mais legais e pirados do ano aqui.

8. Noite Passada em Soho

Ainda no campo de terror e suspense, a oitava posição fica com Noite Passada Em Soho, a pirada e estilosa viagem de Edgar Wright pela Soho de Londres nos anos 60. Com cativantes atuações de Anya Taylor-Joy e Thomasin McKenzie, o longa joga o espectador nesse mundo caótico onde uma aspirante de moda cruza caminhos com uma cantora onde nem tudo parece ser o que é e consequências perigosas esperam essas jovens enquanto elas interagem pelas noites da cidade.

7. Homem-Aranha Sem Volta Para Casa 

Em termos de audiência, e experiência nos cinemas, Homem-Aranha Sem Volta Para Casa foi o filme-evento de 2021, o grande longa que encerrou 2021 na maior nota possível. E foi um dos filmes que mais movimentaram o ano, seja nas redes sociais quanto na indústria de uma forma em geral. O último filme da trilogia De Volta Ao Lar foi uma celebração e deu aquilo que os fãs queriam e aguardavam: uma reunião e tanto de diversos personagens, mais o Doutor Estranho, dos quadrinhos da Marvel só que nos cinemas.

6. Amor, Sublime Amor 

Por mais que em 2021 tenha sido um grande ano para os filmes musicais, parece que o gênero ainda não conseguiu encontrar sua audiência fora da Broadway e capitalizar nos cinemas de uma forma que gerasse o tanto de dinheiro que os executivos imaginavam. Mas não se enganem, a nova versão de Steven Spielberg é um triunfo cinematográfico com excelentes atuações de Ariana DeBose, a novata Rachel Zegler, David Alvarez e claro, ela Rita Moreno. Alías, as novas versões de “America” e de “Tonight” figuram nas melhores coisas do ano.

5. A Família Mitchell e a Revolta das Máquinas

E claro que não seria uma lista minha se não tivéssemos uma bela dose de animações nela, e em 2021 as animações se superaram e muito. Com destaque para a colorida, ligada nos 220vs e completamente engraçada A Família Mitchell e a Revolta das Máquinas!

Uma viagem em família, uma trilha sonora empolgante e um texto com um comentário sobre nossa relação com a tecnologia super afiado apenas deixam essa animação como uma das mais divertias do ano.

4. Encanto 

Como não se apaixonar pelas músicas cativantes, o visual extremamente colorido, e a história dessa família que por mais que não se passe no Brasil é tão parecida com a de muitos? Encanto faz uma grande combinação disso tudo como uma grande animação da Disney tem que ser. Mirabel Madrigal e sua família colocaram todo mundo para dançar, e chorar, com uma ajudinha de LinManuel Miranda.

3.Nove Dias

Com um lançamento tímido também no Brasil, o longa Nove Dias demorou para chegar por aqui. Mas quando veio lotou a sessão que eu estava presente na Mostra de SP no final do ano. Dirigido pelo brasileiro Edson Oda, o longa faz uma viagem pelo sentido da vida de uma forma emocionante e muito bonita.

Destaques para o elenco de peso formado por figurinhas conhecidas de Hollywood como Winston Duke, Tony Hale, Bill Skarsgård e Zazie Beetz.

2.Em um bairro de Nova York

A latinidade está presente em Em Um Bairro de Nova York, um dos melhores musicais do ano, sem dúvidas e que está no topo da nossa lista. O longa apresenta uma história de se apaixonar e personagens tão humanos que nos fazem querer pular e dançar ao dar play no longa. Um novo acerto do diretor Jon. M. Chu, depois do ótimo Podres de Ricos, com atuações arrebatadoras de Anthony Ramos, Leslie Grace e Melissa Berrara que estão entre as novas promessas de Hollywood.

1. Violet 

Talvez Violet nem chegue a ser lançado no Brasil de uma forma como merecia. Uma pena, um dos primeiros filmes que vi no Festival de Toronto em sessão virtual me arrebatou de uma forma como pouco senti em 2021. Olivia Munn se destaca como essa jovem que precisa lidar com essa voz amarga que ronda sua cabeça e com isso a diretora Justine Bateman entrega um longa extremamente sensorial e uma verdadeira experiência audio-visual.