Confira alguns projetos regionais em desenvolvimento para a Max

0
38

A Warner Bros Discovery prepara o lançamento da Max a América Latina na próxima semana no dia 27. Enquanto o layout e usabilidade do site e do app devem mudar, assim como o logo que sai do roxo e parte para o azul, o investimento em conteúdo também deve ganhar um novo foco.

É a aposta em conteúdo regional. Afinal, a região é a primeira a receber a Max depois dos EUA no ano passado.

Warner Bros Discovery confirma mudança para Max no Brasil para fevereiro; o que muda e o que não muda

Assim, em entrevista para a revista Variety, o executivo Fernando Medin, o diretor da Warner Bros. Discovery para a América Latina e os EUA Hispânicos comenta um pouco das estratégias para a região e ainda anuncia e confirma alguns projetos.

Warner Bros. Discovery anuncia lista de novas produções nacionais em desenvolvimento

Séries

  • Como agua para chocolate

    Baseada no livro de Laura Esquivel, a história acompanha dois jovens perdidamente apaixonados que têm que se separar por decisão da mãe da moça. Entre cheiros e sabores da comida mexicana, o sofrimento acaba sendo enorme e prolongado, afirma a sinopse.

    A atriz Salma Hayek está na produção da atração.
  • Cidade de Deus

    A atração já anunciada é um spin-off do longa dos anos 2000 e vai se passar 20 anos depois dos eventos vistos no filme de Fernando Meirelles.
  • Sin querer queriendo (HBO Max desenvolve série sobre Roberto Gómez Bolaños)

    A também já anunciada atração será inspirada na vida Roberto Gómez Bolaños que marcou as tardes brasileiras nos anos 90 como Chaves e Chapolin.

  • Margarita
    A série argentina é descrita como spin-off feita para os fãs de Floricienta da autora Cris Morena.

    Programação infantil
  • Frankelda and the Book of Spooks
    Filme mexicano feito em animação stop motion
     
  • Rey Misterio
  • Mini Beat Power Rockers

Adult Swim com animação para adultos

  • Sociedade da virtude

Novelas

O executivo comenta: “Nós temos desafios iguais a qualquer streaming: atrair novos assinantes e manter eles na nossa base de usuários. E na América Latina, nós temos desafios adicionais comparados com aqueles que vimos mundialmente. Primeiro, pouco acesso bancário, pouca penetração de mercado com cartões de crédito e ainda também uma cultura persistente e que onipresente da pirataria. “

Outras novidades para o lançamento da Max devem ser reveladas nos próximos dias.

Deixe uma resposta