Críticas Destaques Filmes 

Um Crime Para Dois | Crítica

Because baby you’re a firework. Leve e descompromissada, Um Crime Para Dois (The Lovebirds, 2020) sem rodeios, faz uma das comédias mais divertidas do ano. Aqui, Issa Rae e Kumail Nanjiani nos entregam a melhor dupla em filme do gênero desde de Charlize Theron e Seth Rogen em Casal Improvável (2019).

E a melhor parte é que Um Crime Para Dois mesmo que siga a cartilha de diversas outras comédias que deram muito certo no passado, e que tiveram como protagonistas atores brancos, consegue entregar um entretenimento para lá de bom, e trás um frescor para o gênero, assim como, Podres de Ricos (2018) trouxe há alguns anos.

Um Crime Para Dois | Crítica
Foto: Paramount Pictures

Com um humor extremamente afiado, e um roteiro – escrito por Aaron Abrams e Brendan Gall – que sabe brincar com os talentos cômicos de Rae e Nanjiani, Um Crime Para Dois entrega uma divertida aventura pelas ruas de Nova Orleans, com piadas e diálogos incrivelmente engraçados, onde temos situações para lá de surreais em que vemos a dupla de pombinhos viver e se meter.

O relacionamento dos dois é testado quando um ciclista aparece de sopetão na frente do carro deles. O evento pega de supresa Leilani (Rae, hilária) e Jibran (Nanjiani, no melhor momento de sua carreira) que estavam numa bela DR à caminho de uma festa.

A situação fica ainda mais maluca quando um cara bastante ameaçador (Paul Sparks) aparece, rouba o carro dos dois, e começa a perseguir o ciclista junto com eles, e em seguida, atropela o cara diversas vezes. Assim, o acontecimento leva Leilani e Jibran a fugir da cena do crime, e claro, partir numa fuga descontrolada para tentar desvendar o mistério que envolve esse acidente e o celular deixado pelo falecido.

Um Crime Para Dois não faz efetivamente o melhor dos mistérios para o público resolver, e diferentemente de Uma Noite Fora de Série (2010) com Tina Fey e Steve Carrell, o foco aqui é química e a interação entre os dois protagonistas que realmente estão muito bem, e que deve cativar a audiência com suas frases sarcásticas, e comentários divertidos sobre as coisas mais triviais possíveis como milkshakes, acendedores de carro, ou ainda sobre a diferença nas medidas entre diferentes países.

Assim, a grande graça de Um Crime Para Dois fica na sua dupla de protagonistas que acabam por serem muito mais contagiantes do que a história maluca que eles se metem, e que envolve ameaças com óleo de bacon, cavalos, universitários de uma fraternidade, e claro um baile de gala com pessoas mascaradas.

Um Crime Para Dois se apoia então no timing cômico dos seus protagonistas que fazem a trama não ser mais das complexas, e que até ri de si mesma em diversos momentos, ou rebuscada. Rae e Nanjiani fazem o casal mais adorável e irritante dos últimos tempos no cinema – o filme seria lançado pela Paramount Pictures antes do surto do coronavírus fazer a produção ser vendida para a Netflix – com cenas que parecem ter sido tiradas de um espetáculo de stand-up dos mais surreais e pirados possíveis.

Kumail Nanjiani and Issa Rae in The Lovebirds (2020)
Um Crime Para Dois | Crítica
Foto: Paramount Pictures

E basicamente todos os outros personagens são um pouco exagerados em suas próprias maneiras, seja a esposa de um político (Anna Camp, sempre hilária), a policial que investiga o crime (Andrene Ward-Hammond), ou ainda, Keith (Mahdi Cocci), um colega de trabalho de Leilani que trabalha em TI e que rouba piadas. Um Crime para Dois acerta ao brincar com esses estereótipos de comédias de uma forma em que tudo acaba por se encaixar na trama e na proposta divertida que o filme apresenta. 

Para a Netflix, Um Crime Para Dois apenas tem agregar ao seu catálogo marcando por comédias mais non-sense, e como humor duvidoso, onde aqui temos uma produção diferente e mais refinada. O único crime que Rae e Nanjiani cometem aqui é de serem insanamente engraçados, e você leitor, claro, se não der uma chance para essa comédia, pois aqui estamos em um relacionamento sério com esses lovebirds.

Nota do Crítico:

Um Crime Para Dois disponível na Netflix.

Postagens relacionadas