Reviews Séries & TV 

A Million Little Things | 3×08 – The Price of Admission

A Million Little Things trabalha em pequenas coisas mesmo, como cada atitude pode ter uma reação. Este episódio de “pequenas admissões” foi importante para mostrar que a confiança é muito mais importante do que o medo da reação do próximo.

ALERTA DE SPOILER!

Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio/série. Continue a ler por sua conta e risco.

Eddie tem escondido que tem tomado remédios, e chegou até a roubar Viccodin da gaveta de Regina, e isso que desencadeou os amigos descobrirem seu problema. Ele é alcóolatra, não tem bebido como há 11 anos, mas há um vício prévio, e Gary e Rome foram correndo demonstrar apoio ao amigo e mostrar que ele precisa de cuidados. A forma em que conversaram e a soma do descontentamento das mentiras foi muito bem abordado.

O que realmente gostei é da forma como a série está discutindo agora o problema da mente pequena das pessoas, como um colega de classe culpar Theo pelo vírus, o tal “vírus chinês”. A conversa entre a família será importante, o excesso de Eddie para proteger o filho da maldade do vizinho foi sensacional, e ainda rendeu uma história de Rome para mostrar como os pais muitas vezes viram uma fera para proteger o filho.

A história do vírus mexe demais com Katherine e ela até conversa com Alan sobre a origem deles, de como foi difícil para os pais deles serem imigrantes no país e o tanto que se sacrificaram para eles estarem bem. A conexão dos dois tem sido grande e Kath finalmente começa a se aproximar da mãe, querer entender mais da cultura deles e cozinha para Theo…

A questão agora é sua reação a Eddie lhe assumir que está tomando remédios escondido, e que a fez culpar e humilhar Dakota por uma coisa que ele fez… Novamente confiança quebrada entre eles.

Maggie e Gary tem uma história e isso não pode ser apagada, e ri da forma como as coisas foram conduzidas, mas foi importante para ele finalmente se abrir a Darcy e ela também se abrir a ele, afinal ambos tem um passado. Maggie ainda se tornou mais próxima de Darcy, orientando sobre um tratamento de trauma, e gosto como o drama da série é leve nesse aspecto de rivalidade e segredos, mas abordando algo maior com toda a seriedade.

Jamie também ganha destaque e já imagino ele próximo de alguma forma de Gary com brincadeiras e piadas…

Agora, Tyrell mentia para Gina e Rome, mas não conseguia imaginar a mentira, se a mãe estava morta, ou ele estava aprontando algo, só que logo A Million Little Things foi para um ponto tenso, pois a mãe dele é imigrante ilegal, e ela foi pega pelo governo para ser deportada, deixando-o sozinho e sem saber o que fazer. Gina logo o leva para casa para ele não passar a noite na rua e Rome o acolhe também.

A Million Little Things | 3×07 – Timing

A Million Little Things trabalha as coisas de forma lenta e gostosa de se acompanhar, as vezes um episódio é arrastado, mas então vem com um episódio que nos deixa arrasado e querendo entender mais de seus personagens.