This is Us | 1×17 – What Now?

E em seu penúltimo episódio This is Us traz mudanças para alguns personagens e prepara o terreno para a sua season finale, mas a dúvida que fica após assistir a este episódio é: estamos preparados? Hora de comprar umas caixas de lenços e deixar do lado no sofá…​

Kate, Kevin e Randall tem um caminho longo a trilhar e muitas mudanças em suas vidas, mas a maior é sempre carregar o fardo de serem filhos de Jack e ter que lidar com as consequências desse pai que tiveram. O amor dele e de Rebecca, mesmo com alguns problemas, sempre foi maior e incentivador, mas também algo que eles buscam honrar.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Como não amar Randall sendo retirado dos planos do funeral de William e vendo suas queridas filhas fazer uma festa em sua memória? Só quando ele percebe como cada pessoa que William encontrou e mudou sua vida é que ele compreende o homem que seu pai biológico realmente era. Por mais que tivesse os problemas com as drogas e o seu abandono, William era gentil, poeta e amigo… Jesse, o carteiro, todos lhe abriram os olhos para algo que ele não compreendia.

As meninas a sua maneira se despediram, Randall teve sua despedida com um dos melhores dias de sua vida em Menphis, onde conheceu até mais de sua família. É com Beth que choramos, pois ela não teve uma despedida, um momento, e ela esteve ao lado dele a todo instante… Quando ela abre o cartão de Menphis é impossível não conter as lágrimas.

E como falei, mudanças vem… Randall se demitiu depois da mensagem padrão que a empresa que ele ajudou erguer lhe enviou, mas é no abraço com Kate que ele deixa claro que ela precisa se abrir mais ao homem que ama, e depois do funeral e da peça de Kevin, ela começa a falar sobre a morte de Jack e como dentro de todos esses anos ela se culpa por isso… O abraço de Toby foi acolhedor.

No flashback vemos Jack chateado com Rebecca, fugindo da investidas de Heather, mas é com os pedidos de Kate que ele quer focar na família e evitar que tudo desmorone depois que Rebecca volte de sua turnê. Ele aconselhando Kate a focar nos problemas da adolescência dela e não se preocupar com os pais foi bem fofo. A questão é que muito deve ter acontecido entre o telefonema dele para Kate e sua ida para encontrar Rebecca…

Agora, Kevin e Sophie são bem fofos juntos, principalmente por trazer aquele frescor do amor adolescente de volta depois de anos de problemas, só que o foco é como um apoia o outro e ela o convence a ir atrás do crítico que não quer voltar para sua nova apresentação da peça depois de Kevin abandonar a 1ª sessão para ajudar o irmão.

A peça é um sucesso, povo adora e ele promete que irá estar focado na peça e em Sophie, mas surge um problema… Ron Howard (o próprio, O Código Da Vinci) chama Kevin para seu próximo filme depois de sem querer assistir o The Manny crescer nos palcos.

Muitos dramas a caminho e This is Us trabalha tudo isso de forma fenomenal, nos envolvendo e querendo mais, pois é tudo tão sensível, tão real, que poderia ser qualquer um de nós naquelas condições. O roteiro de K.J. Steinberg (episódio The Best Washing Machine in the World) e Vera Herbert (episódio The Trip) foi direto ao ponto, como sempre.

Fico por aqui, comentem e to be continued