Destaques Entrevistas Séries & TV 

Otto Farrant e Brenock O’Connor comentam sobre bastidores de Alex Rider e quais super-heróis seus personagens seriam amigos

Alex Rider é a nova série de espionagem que chega no Prime Video agora em novembro e ArrobaNerd conversou, juntamente com outros veículos, com os protagonistas da série, os atores Otto Farrant e Brenock O’Connor.

Baseado nos livros de Anthony Horowitz, Alex Rider é uma produção britânica que lida com espionagens, conspirações governamentais. E já tivemos nos cinemas diversas franquias que lidam com o tema, como James Bond, de uma certa forma Kingman, e mais recentemente as séries Bodyguard (Segurança em Jogo por aqui) da BBC, The Night Manager (BBC), entre diversas outras produções do gênero, e agora temos Alex Rider. 

Ao serem perguntados o que faz os britânicos conseguirem contar boas histórias de espionagens, O’ Connor diz que faz parte da cultura deles esse tipo de história sobre um homem que luta para conseguir salvar o dia e que trabalha para o governo. O ator, que interpreta o melhor amigo do protagonista, o jovem Tom, afirma que o que separa eles de outras histórias de espionagens já contadas é que em Alex Rider temos uma criança, quase um adolescente, que está ali para salvar o mundo, mas que também tem fraquezas e momentos de colapso total, mas continua a fazer de tudo para transformar o mundo num lugar melhor. “É uma ideia refrescante” completa ele.

Foto: Prime Video/Sony Tv

DIFERENÇA SÉRIE E LIVROS

Já Farrant que dá a vida para o espião adolescente afirma que trouxe muito de si para o papel e que conversou sobre como fazer a sua própria versão de Alex Rider e que é bastante diferente dos livros.  

“No começo eu tive um monte de conversas com Andreas Prochaska, o diretor da série, e o que é diferente aqui em relação aos livros e os outros filmes é que você vê um lado diferente de Alex. Ele é um tipo de enigma, ele é resiliente, ele é forte, e corajoso, mas também não confia em ninguém, e é bastante vulnerável. E quando temos os dois lados é quando eu acho que Alex consegue ser um personagem tão interessante.”

O ator completa “Ficamos com a dúvida se ele vai ser o herói, pois sempre ficamos na expectativa dele de salvar o dia.” Ele brinca “Aí pode ficar um pouco chato.” E afirma também “Mas essa é a grande diferença, por conta dos roteiros que recebemos fica claro que Alex é um personagem multifacetado que tem fraquezas e forças que ficam bastante visíveis em tela”.

E ao serem perguntados quais são as coisas que podem mais surpreender os fãs do livro com a série nova, eles afirmam que na primeira temporada teremos novos momentos e novos personagens. E com a permissão do autor eles puderam mudar algumas coisas. O’ Connor diz “modernizamos algumas coisas, deixamos mais relevantes para os dias atuais e mais empolgantes do que a mídia original [os livros] apresentaram”.

“Teremos muita coisa para deixar as pessoas que já conhecem bem a história interessadas e mudamos muitas coisas para deixar ainda mais interessante também para quem não sabe de nada” ele afirma.

Já Farrant diz que o seriado vai deixar os espectador fisgado do começo ao fim e que Alex Rider tem ação o tempo todo e é bastante empolgante. Ele completa que também o seriado consegue transportar as cenas de ação vistas no livro de uma forma bem legal, e com muitas locações.

“Nós filmamos em Londres, e também na Romênia, e nas montanhas” ele afirma. “A cinematografia é incrível. Tudo parece bastante estilizado, e despojado, e bastante sombrio. E tudo isso com uma história com bastante coração sobre um garoto que precisa crescer.”

Ele finaliza “Tem um pouco para todo mundo. É um seriado divertido, é épico”.

Foto: Prime Video/Sony Tv

ELOGIOS AOS COLEGAS

Já O’Connor diz que poderia trabalhar com o colega por horas “É uma alegria. Eu nunca trabalhei com alguém que tenha conseguido me surpreender tanto como esse rapaz aqui. Eu vejo coisas na tela que não consegui captar em sua atuação nas diárias. Eu adoro ver esse rapaz.”

Sobre a relação nos sets de filmagens, Farrant diz ter ótimas lembranças das gravações e do processo de audição para os personagens.

O ator diz eles conheceram no último dia de gravações e que deveria ter mais ou menos uns 20 garotos lá com eles que também estavam na disputa para interpretar Alex. E que eles ficavam revezando com diferentes combinações entre Tom (papel de Connor) e Alex (papel de Farrant). E o ator diz que não teve um ator que ele tenha se conectado tão fácil como foi com o colega.

“Foi instantâneo”. Ele completa “A conexão que tivemos foi quase que imediata. Isso é uma situação com uma pressão enorme, você tem 10 executivos sentados em um sofá, te encarando, e você precisa fazer cena após cena, de novo, e de novo, mas quando Brenock entrou na sala, foi somente divertido”.

O ator continua “E isso honestamente é o segredo sobre como conseguimos esses trabalhos, foi natural, foi orgânico.”

Otto Farrant e Brenock O’Connor em bate-papo com o site
Reprodução

SOBRE AS GRAVAÇÕES

E O’ Connor diz que durante as gravações também foi muito divertido. “Qualquer hora que estávamos nos sentido entediados, cansados, a gente se escondia nos trailers, e fazia pequenas festas”. Eles comentam “A gente se divertia muito, colocava uma música, e conseguíamos desconectar um pouco do seriado.”

“Aqueles 5, 10 minutos de pausa nos ajudava a continuar a continuar empolgados para gravar o seriado.” O ator finaliza “Era super legal andar com Otto e ainda filmamos um seriado juntos”. 

E os dois criaram playlist para os personagens. O’ Connor criou uma que ele achou que seu personagem iria ouvir. Eles todos eles compartilhavam entre si e com o diretor, e as músicas foram se misturando entre si e criaram o tom para o seriado. Farrant afirmou que usava as playlists para poder entrar no estado mental que seu personagem estava em determinada cena.

SOBRE COISAS NERDS E SUPER-HERÓIS FAVORITOS

Foto: Marvel Studios

E perguntados se o seriado seria uma série para pessoas nerds pois faz referência para os quadrinhos do X-Men, e para outros personagens como o Homem-Aranha, O’ Connor diz que a concepção de “ser nerd” mudou bastante nos últimos anos. E com a chegada dos filmes da Marvel Studios “transformou esses pequenos nichos nas maiores coisas que todo mundo assistiu e faz ser comum ser um nerd.” 

O ator completa “Eu sou um nerd, e tenho lido histórias em quadrinhos desde de crianças. E ser um nerd é ter alguma coisa que você liga intensamente e pode conversar por horas”

Farrant diz “que é uma coisa para ser celebrada e que ele tem um monte de coisa que ele pira seja em filmes, quadrinhos, ou séries de tv”.

E já que estávamos no assunto de super-heróis, a dupla de atores ao serem perguntados quais super-heróis eles achavam que seus personagens seriam amigos, O’ Connor diz que “O Homem-Formiga seria o parceiro ideal para Tom, afinal os dois em diversas situações sérias não são levados a sério“. Já o Homem-Aranha não, está fora de cogitação.

Já Farrant diz que Batman seria uma boa escolha. “Batman e Alex… interessante” ele afirma. “Cadê o Robert Pattinson? Podemos ligar para ele?” brinca o ator numa referência para a escolha da Warner Bros. do ator para ser o próximo vigilante de Gotham City. 

Alex Rider chega em 13 de novembro no Prime Video.

Postagens relacionadas