Em bate-papo o diretor Tim Federle fala da adaptação de Apresentando, Nate em filme

Em bate-papo com o site, o diretor e roteirista Tim Federle comenta como foi adaptar o livro Apresentando, Nate em filme para o Disney+.

Federle escreveu o livro que é quase uma semi-biografia. Na história acompanhamos  Nate (Rueby Wood) um jovem de 13 anos que parte para Nova York tentar uma chance na Broadway.

O diretor comenta: “Foi um sonho realizado. Eu quero dizer, minhas origens foram mesmo de uma criança fã de teatro de Pittsburgh que sonhou em deixar a cidade natal e ir dançar na Broadway. Eu nunca realmente imaginei transformar isso em um filme e eu acho que o mais incrível disso tudo, sobre crescer e amadurecer, é nunca parar, é fazer com que você se cerce de pessoas que te permitam sonhar. E claro, esse elenco que fez o filme, fez isso de uma forma que eu só poderia imaginar. Mal posso esperar para que as pessoas assistam” afirma ele.

Sobre trabalhar em seu segundo projeto para a Disney, Federle criou para o Disney+ a série High School Musical: A Série: O Musical, o diretor foi categórico: “foi emocionante.”

Ele diz: “Eu criei a série de High School Musical com o Joshua Bassett, e foi muito bacana contar essa história através do estilo mockumentary, uma série de TV sobre um grupo de crianças que gostam de teatro. E Apresentando, Nate começou como um livro quase uma década atrás. E eu comecei com um grande sonho, mas em uma escala menor, só de ser publicado já foi uma coisa muito grande e importante para mim. Eu era um dançarino, eu nunca estudei escrita, e isso foi gigante para mim receber uma ligação da Disney: Nós queremos fazer um grande filme.” afirma ele.

E completa: E para mim foi uma coisa completamente emocionante, assustadores e empolgante. E tudo foi se juntando e nós escalamos Lisa, Rueby, Aria e Josh, nós deixamos eles fazerem o que eles sabem de melhor.”

O diretor também comenta sobre o quanto do filme foi baseado em experiências reais de sua vida. Ele diz: “Sim, é bem autobiográfico. Sabe, eu sempre era o último garoto a ser escolhido no dodgeball toda a semana em Pittsburgh durante boa parte dos anos 90. E então uma das coisas mais legais que você pode fazer como escritor e diretor é transformar todos esses contrapontos em histórias e pontos no roteiro.

Ele continua: “Quando eu vendi a ideia do filme para a Disney eu disse que era um projeto onde temos Billy Elliot com Curtindo a Vida Adoidado e que eu queria muito fazer um filme para a família assistir junto à noite, com um pouco de cada coisa para todo mundo, um desses clássicos filmes de amadurecimento. Como uma criança com grandes sonhos, seja seu sonho ser atuar na Broadway, ou ser campeão de xadrez ou ir para as Olimpíadas… eu acho que muitas pessoas podem se relacionar em se sentirem diferentes e querem encontrar suas próprias pessoas.”

Joshua Bassett fala sobre não ter que cantar em Apresentando, Nate do Disney+

Federle comentou ainda sobre experiências pessoais que ele teve que colocar no roteiro e comentou também: “Eu costumava pegar o ônibus quando era adolescente de Pittsburgh, eu pegava o Greyhound depois da escolha a noite. Eu não sei como meus pais me deixavam fazer isso. Eu pegava o ônibus e ia fazer teste no dia seguinte. Eu tomava o ônibus em uma viagem de 10 horas. Eu ia para as audições. Eu não era escolhido e voltava direto para a casa.” diz ele.

E completa: “Era um sonho, pois eu nunca me sentia tão feliz em fazer tão pouco dinheiro na semana mas eu estava cercado de pessoas iguais a mim. E isso significava muito mais que qualquer métrica que acompanha seguidores, comentários e curtidas, e dinheiro. Não era sobre isso. Era sobre estar junto com um grupo de pessoas para fazermos alguma coisa junto e eu acho que eu tinha esse sonho desde que eu era um adolescente que invadia audições e não era aprovado. “

btne_online_trailer_uhd_t_r709f_220222.088185.jpg
Foto: Disney+

No longa acompanhamos o jovem Nate Foster de 13 anos que o sonho de atuar em um musical na Broadway. Mas tem um problema: ele não consegue nem conquistar um papel na peça de sua escola.

Mas as coisas prometem mudar quando seus pais deixam a cidade e Nate e seu melhor amigo Libby vão para Nova York em busca de uma oportunidade que pode mudar tudo. Nate encontra com sua Tia Heidi e uma jornada para lá de maluca os acompanha onde eles vão ver que uma aventura pode ser tão grande quanto seus sonhos.

O longa é baseado no livro de mesmo nome.

Garoto tem sonho de entrar na Broadway no trailer do longa Better Nate Than Ever que ganha data de estreia

No elenco temos Aria Brooks, Joshua Bassett, Michelle Federer, o ator novato Rueby Wood e ainda os atores Norbert Leo Butz e Lisa Kudrow.

Tim Federle cuidou da adaptação e da direção.

Apresentando, Nate chega dia 1º de abril no Disney+.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.