Críticas Filmes 

Duas Tias Loucas de Férias | Crítica: Uma comédia ridiculamente engraçada

Barb e Star te convidam para uma aventura de uma vida na paradisíaca Florida para aproveitar todas as delícias e comodidades do Vista Del Mar, o melhor resort da região. Comida de graça, massagens, passeio de Banana Boat, muita gente bonita, e claro, Jamie Dorman.

Em Duas Tias Loucas de Férias (Barb and Star Go to Vista Del Mar, 2021) temos a garantia de passar um bom tempo com nossas protagonistas, as donas de casa de meia idade Barb e Star, e também de rir bastante com essa dupla de personagens criadas pelas atrizes e comediantes Kristen Wigg e Annie Mumolo que aqui estão afiadíssimas, e realmente mostram para que vieram nessa surreal comédia. 

Duas Tias Loucas de Férias – Crítica
Foto: Cate Cameron/Lionsgate

Kristen Wiig já é figurinha carimbada para quem é fã do gênero, onde Wiig, junto com as atrizes Maya Rudolph, Amy Poehler, estão no mesmo time quando se trata de mulheres em Hollywood fazendo comédia, afinal, as três passaram pelo humorístico americano Saturday Night Live em algum momento de suas carreiras. E realmente Duas Tias Loucas de Férias acaba por ser a plataforma ideal para o tipo de comédia que Wiig faz e que é sua marca característica: um humor mais físico e corporal. E no longa, Wiig domina e realmente se mostra ser a mestra em caras e bocas, vocês vão ver.

Annie Mumolo talvez não seja tão conhecida assim do grande público, mas é uma roteirista que já trabalhou bastante em Hollywood, sendo a responsável pelo hit dos anos 2000, a comédia Missão Madrinha de Casamento (2011), que foi estrelado por Wiig também na época e foi indicado ao Oscar, um das poucas comédias a conseguir esse feito nos últimos ano. Mas a habilidade cômica de Mumolo não parece ter ficado somente atrás das câmeras, afinal, com Wiig, nesse novo filme, elas estão muito bem obrigado.

E sim, essa dupla formada por Wiig e Mumolo que é responsável por fazer Duas Tias Loucas de Férias ser uma grande, estridente e extravagante comédia. O humor amalucado de filme segue o mesmo nível, talvez 100x mais pirado, do que Missão Madrinha de Casamento, e realmente parece uma grande série de esquetes do SNL que envolvem as donas de casas, e melhores amigas, Barb (Mumolo) e Star (Wiig), que depois de serem expulsas do clube “de leitura” de sua cidade (participação da divertida Vanessa Bayer e outras comediantes como Phyllis Smith, Fortune Feimster e Rose Abdoo) decidem viajar, e deixar a cidadezinha que moram no interior dos EUA, pela primeira vez (em suas vidas) e partem para umas férias merecidas em Vista del Mar, um dos melhores hotéis da ensolarada Florida.

O que as inocentes Barb e Star não imaginavam era que as coisas não iriam acabar do jeito que elas imaginavam nessa viagem cheia de massagens, drinks coloridos, e cacarecos para casa, afinal, uma ameaça global, agentes secretos disfarçados, e um plano diabólico estão em rota junto com a viagem delas. E a grande surpresa de Duas Tias Loucas de Férias é essa, aqui não temos só mais um filme sobre duas amigas loucas que tiram férias, e sim, uma comédia que mistura disso tudo com um arco narrativo quase retirado de A Espiã Que Sabia de Menos (2015), afinal, temos duas mulheres aparentemente normais envolvidas numa ameaça que pretende acabar com o mundo.

Sem muitos spoilers, pois vale a experiência de assistir o plano na medida que ele desenrola, mas descobrirmos que a nossa vilã Sharon Gordon Fisherman (também Wiig com uma maquiagem duvidosa) seu capanga Yoyo (Reyn Doi, hilário e super expressivo) e o sedutor Edgar Pagét (Jamie Dorman, até que bem e divertido aqui) tem um plano de acabar com a cidade que a trama se passa, e claro, o Vista Del Mar. Um plano mega evil, uma máquina que envolve mosquitos, e agentes secretos disfarçados (Damon Wayans Jr.) como plano B, tudo isso é o que dá esse tom complemente engraçado para o filme.

Mas o que tem no meio do caminho para Sharon conseguir colocar seu plano em pratica era a presença das nossas protagonistas. Uma coisa meio “Eu teria conseguido se não fosse essas donas de casa enxeridas” sabe? E essa mistura A Espiã Que Sabia de Menos com Scooby Doo faz com que Duas Tias Loucas de Férias dê muito certo. É claro, que o espectador precisa comprar as situações amalucadas, e gostar do tipo de humor que Wiig e Momolo fazem e colocam na história (a dupla escreveu o roteiro também). É aquele tipo de filme 8 ou 80, feito basicamente para um público bem específico com piadas das mais malucas possíveis, e no final, quase fantasiosas assim por dizer.

Duas Tias Loucas de Férias – Crítica
Foto: Cate Cameron/Lionsgate

Por exemplo para mim, Duas Tias Loucas de Férias não deixa de ter um roteiro extremamente engraçado e personagens super cativantes de se acompanhar. Realmente passei bons momentos assistindo ao filme, e Wiig e Mumolo tem passagens super divertidas, e Dorman realmente se destaca com esse tipo de humor e tem uma cena de um solo onde dança e dá piruetas na areia que é sensacional.

Na medida que a amizade de Barb e Star é testada pela primeira vez em muitos anos, uma quedinha pelo charmoso Edgar surge, e claro, a ameaça de destruição mundial retirada de qualquer filme B dos anos 90 é eminente, é nesses momentos malucos, nas inúmeras e quase embaraçosas cenas que Duas Tias Loucas de Férias se supera e se garante com uma das comédias mais divertidas, mesmo que completamente fora da casinha, da temporada.

No final, a habilidade Wiig e Mumolo de só estarem paradas conseguir fazer o espectador rir com suas roupas estranhas, vozes com um sotaque fortíssimo, e penteados engraçados são a prova que realmente temos ainda em Hollywood espaço para um conteúdo original de qualidade e que não depende de ser um reboot, um franquia, ou baseado em algum tipo de outra mídia.

Duas Tias Loucas de Férias talvez seja um dos filmes mais surtados que tenha visto nos últimos tempos, mas serviu com um excelente escapismo para tudo que temos vivido nos últimos tempos em relação a pandemia. Se uma das funções de um filme de comédia não é essa eu nem sei mais o que dizer…certo Barb? certo Star?

Avaliação: 3.5 de 5.

Duas Tias Loucas de Férias está disponível nas plataformas digitais.

Postagens relacionadas