Bridgerton | Crítica 2ª Temporada: Sem o frescor inicial, série ainda traz dilemas e muito romance

E voltamos para mais uma temporada da alta sociedade, e Bridgerton trouxe glamour, músicas atuais em estilo clássico de forma deliciosa, e também muitas fofocas para ficarmos de olho. O novo ano da série da Netflix em parceria com a Shondaland, de Shonda Rhimes, trouxe mais dilemas para a família Bridgerton e também muita rivalidade.

Neste 2º ano, a série foca no livro segundo livro de Julia Quinn, O Visconde que Me Amava, e conta o drama pessoal de Anthony, o irmão mais velho e também o que precisa se casar e manter bem curta as rédeas da família, só que até onde vale a pena casar por amor? Complicado…

ALERTA DE SPOILER!

Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos da série/filme. Continue a ler por sua conta e risco.

O Visconde que Me Amava

Eis a a temporada mais aguardada da alta sociedade de Londres e agora tem mais um páreo duro na área: Anthony Bridgerton (Jonathan Bailey). Visconde está disposto a casar e dar seguimento a vida familiar e seguir os passos de seu pai, mas com uma diferença, ele não quer o amor, quer apenas seguir o caminho. E nessa ele cruza com a vida de Kate Sharma (Simone Ashley), por quem nutre naturalmente uma curiosidade…

Toda a questão é que o novo diamante da temporada, a garota que a Rainha Charlotte (Golda Rosheuvel) escolheu para representar o mais alto glamour, é Edwina Sharma (Charithra Chandran), irmã de Kate. Anthony sendo o mais cobiçado, e Edwina o diamante, eles precisam cumprir o seu papel, mas Kate fica no meio, ainda mais depois de ouvir o lorde falando que só vai casar por necessidade, que não pensa no amor.

bridgerton
Imagem: Netflix

É delicioso ver a guerra entre Anthony e Kate, e como o ódio e esse desprezo vai virando amor a medida que a série vai sendo conduzida, e vale demais acompanhar os momentos dos dois, mesmo que saibamos o mais clichê possível como tudo terminará. Bridgerton ainda busca colocar mais tempero, como o fato de Edwina ser mais do que a mocinha mimada que quer casar e ainda ajudar a Rainha Charlotte a ver coisas boas em seu casamento.

Bridgerton faz dessa trama uma deliciosa mistura de gato e rato, nos levando até o ápice do amor, só que ainda faz questão de voltar no tempo e nos mostrar o motivo do desprezo de Anthony em querer casar, ao ver sua mãe sofrer muito a morte de seu pai, e ele não desejar isso para a mulher que irá casar. Então se não tem amor, não tem dor.

Foi muito bom entender mais sobre Lady Violet Bridgerton (Ruth Gemmell) e como o amor dela pelo Visconde Bridgerton era tão intenso, e ainda temos Anthony conversando sobre como o pai era correto e ainda assim brincalhão, ao conversar com Gregory.

Da mesma forma, temos em Kate a figura da irmã mais velha que só quer proteger Edwina e sua mãe, Lady Mary, e nisso ela se mete onde não deve e acaba só se enrolado nos próprios problemas. Só que ela guarda essas mentiras e tudo vai ficando maior do que ela esperava, até mesmo o amor que nutre por Anthony ela prefere sufocar pelo bem da irmã, mas tudo não dura muito.

bridgerton
Imagem: Netflix

O final é clichê, mas delicioso de acompanhar, e como Anthony adora um jogo e é super competitivo, ele encontra em Kate um páreo bem duro…

Os Outros Irmãos

A Duquesa Daphne (Phoebe Dynevor), e seu filho, faz uma boa participação em alguns episódios, colocando os olhos em seu irmão e tentando fazê-lo enxergar as coisas por outro ângulo, dando mais perspectiva ao lado amoroso, assim como sua mãe busca fazer com ele. Já o Duque de Hastings (Regé-Jean Page) não deu as caras, como foi anunciado durante a produção da temporada, e fez falta, nem que em uma participação bem minúscula.

Os maiores destaques ficam para Benedcit () e Eloise (Claudia Jessie). Ambos buscam se encontrar de alguma forma nessa vida, e Benedict busca sua arte, mas acaba se decepcionando ao saber que só entrou na universidade por conta da bolsa que o irmão deu, assim ele prefere abandonar os estudos, mas devemos ver mais dele na próxima temporada.

bridgerton
Imagem: Netflix

Da mesma forma, Eloise busca descobrir quem é Lady Whistlwdown (Julie Andrews), mas neste caminho acaba descobrindo mais sobre a luta das mulheres e como se impor neste mundo, e também uma paixão que tem a mesma visão que ela, mas é um plebeu, Theo, e o romance acaba sendo exposto na alta sociedade.

Colin (Luke Newton) também tem algum momento com sua volta da Grécia e em como quase colocando o dinheiro da família a perder, mas dá uma boa reviravolta. Só que quando ele começa a pensar em Penelope Featherington (Nicola Coughlan) de outra forma, após ir conversar com a prima dela, Lady Thompson, ele faz comentários com uns amigos que a afasta de vez, e Penelope tem uma grande virada na temporada…

Francesca, Gregory e Hyacinth é quem acabam ficando um pouco de lado, mas devem ser mais explorados mais adiante, até por conta da tenra idade.

Lady Whistledown

Rainha Charlotte está de olho na Gossip Girl da sua sociedade e está disposta a desmascará-la a qualquer custo, colocando todos os seus criados para ficarem de olho nas jovens que são convidadas para sua festa, e ela chega a diversos nomes, só que em dado momento, ela acredita que a Lady Whistledown é Eloise, por seu envolvimento com Theo, o plebeu que toma conta da gráfica.

Penelope fica perdida no que fazer para salvar a amiga e acaba escrevendo um texto que coloca os Bridgerton em apuros, sendo até mal vistos pela sociedade, só que a virada é o fato de que Eloise descobre no fim que ela é a Lady Whistledown e ambas acabam findando a amizade por conta de palavras erradas e todas as mentiras contadas.

bridgerton
Imagem: Netflix

O interessante de se notar é como que devemos ter essas trama desenvolvida nos próximos anos, pois teremos mais da fofoqueira, já que Penelope não deixará barato os sofrimentos que passa no fim da temporada.

Já é dito que teremos uma mudança na condução das tramas, onde devemos ter destaques nos livros Um Perfeito Cavalheiro (Benedict), Os Segredos de Colin Bridgerton (Colin) e Para Sir Phillip, com Amor (Eloise), e quero ver como irão trabalhar isso, já que sabemos que a ideia é ter 8 temporadas, contando as histórias dos irmãos.

Outro ponto alto dessa temporada são as tramoias de Lady Featherington, e como ele acaba colocando o novo herdeiro do nome em apuros. Os dois formam um par de trambiqueiros de primeira, e para mim o melhor final de episódio foi ela acabando com o romance dele com uma garota da alta sociedade, e forçando-o a se casar com sua filha Prudence, para no fim descobrir a verdade de seus trambiques.

Bridgerton | Crítica 1ª Temporada: Adaptação da Shondaland traz drama, representatividade e romance a era vitoriana

Bridgerton fez uma temporada bem redondinha, soube trabalhar a história dos irmãos e ainda nos fazer querer entender mais dos coadjuvantes, pois lógico que Lady Dunbary e Lady Featherington terão grandes importâncias mais a frente. O problema é a condução de alguns clichês que nos faz já perceber o caminho tomado, e os livros devem ter muito disso, eu gostaria muito de ver uma diferença de Benedict na série, seria algo interessante, ver mais de sua arte e como isso é conduzido na sua vida, principalmente romântica.

Bridgerton tem suas 2 temporadas disponíveis na Netflix.

7 Replies to “Bridgerton | Crítica 2ª Temporada: Sem o frescor inicial, série ainda traz dilemas e muito romance

  1. Amo as séries da netflix, principalmente quando envolve romance. Amei o desenrolar da trama e como sempre um triângulo amoroso deixa o enredo mais excitante. Aprecio a personagem Eloise e admiro mulheres à frente do seu tempo;gostaria de parabenizar e elenco e dizer que me encantei com os figurinos, luxuosos e ao mesmo tempo delicados, principalmente os das jovens mocinhas.

  2. Fiquei um pouco decepcionada com a adaptação, o livro é o meu favorito da série! Esperei ansiosamente pela cena da biblioteca, onde Kate e Anthony se unem e ali o amor realmente é sentido. Outra cena, a picada da abelha, deveria ser a original e o final da carruagem também. Achei que Edwina merecia muito mais para o papel, sei que no final ela percebe que pode ter opinião, mas isso poderia ter sido abordado de outra forma, ela descobrindo o amor com uma pessoa afim e terminando ela com as convenções! Mais uma vez são opiniões particulares.
    O casal Anthony e Kate não deixaram a desejar, os olhares falaram muito.

  3. Adorei a cena, li o livro mas achei mais interessante a serie. Sabia que o Duque de Hastings não iria aparecer mas no meu entender acho que ele deveria aparecer nem que fosse numa pequena cena para percebermos que o casamento do duque e a duquesa continua a correr bem.

  4. Fiquei um pouco decepcionada com a 2° temporada o antony como sempre lindo e maravilhoso. Mas gostaria que o duque aparecesse nem no casamento do cunhado ele vai, na vdd ele e mencionado apenas uma vez. E sera que vamos ter que esperar mais um ano pra 3° temporada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.