A Herança, terror da mesma produtora do sucesso Benzinho, termina suas gravações

a herança

Encerram essa semana as filmagens do longa de terror brasileiro A Herança, realizado entre as cidades do Rio de Janeiro e Barra do Piraí. A trama é protagonizada por Diego Montez – conhecido por trabalhos como Rebelde e Cúmplices de Um Resgate -, que interpreta Thomaz, jovem que vive com o namorado na Alemanha sem quase nenhum contato com a família. Ele se vê diante da necessidade de voltar ao Brasil quando recebe a notícia de que sua mãe faleceu. Ao chegar no país, descobre que sua avó lhe deixou uma casa como herança. Curioso, ele decide revisitar as suas origens, vasculhar seu passado e acaba embarcando em uma trajetória assustadora. O filme é dirigido e co-escrito pelo carioca João Cândido Zacharias.

Tentando entender o motivo pelo qual a matriarca o afastou das próprias irmãs, Thomaz tem seu contraponto em Beni, vivido por Yohan Levy – ator francês que participou da série Emily em Paris -, seu companheiro que, ao longo dessa nova experiência, está com o olhar sempre atento quando se trata da aproximação repentina do parceiro com as tias.

O longa é uma aposta da Sony Pictures International Productions, da Kromaki Filmes e da Bubbles Project – produtora fundada por Tatiana Leite, responsável pelo sucesso Benzinho, indicado ao Festival Sundance de Cinema e ao Festival de Cinema de Gramado, onde conquistou seis prêmios. A distribuição é da Sony Pictures, que também tem os direitos globais do filme. Eloisa Winther supervisiona o projeto em nome da Sony Pictures International Productions.

O processo de desenvolvimento e preparação do filme foi longo, ainda mais dificultado pela pandemia. Nós fizemos diversos testes para a seleção do elenco dos protagonistas. Para o papel do Thomaz, recebemos mais de 350 self tapes e, além disso, buscamos atores de fora do Brasil para o personagem de Beni, que tinha que ser mesmo um estrangeiro. E estamos muito felizes e seguros com as nossas escolhas, tanto do Diego quanto do Yohan. Agora consigo ver o projeto criar forma, tendo em vista que acompanhei no set os planos em cada detalhe. Trabalhar com essa equipe, esse elenco e, principalmente, com o João (diretor) é um prazer. Não é à toa que essa é a quarta parceria (primeiro longa-metragem), que apostamos no talento e competência dele“, afirma Tatiana Leite, fundadora da Bubbles Project.

A Sony Pictures sempre acreditou que apostar em novos talentos significa desenvolver e pluralizar a nossa indústria. Temos orgulho do histórico que carregamos no cinema nacional e não poderia ser diferente em nossa primeira co-produção local de terror. Estamos animados em entrar nesse universo ao lado de João Cândido Zacharias em sua estreia na direção de um longa. Tenho certeza que será uma colaboração empolgante“, afirma André Sala, VP sênior de distribuição da América Latina e diretor-geral da Sony Pictures no Brasil.

Além do ator Diego Montez e Yohan Levy, compõem o elenco as consagradas atrizes Cristina Pereira, Analu Prestes, Ana Carbatti, além de Luiza Kozowski, Jimmy London e Gilda Nomacce.

Estamos empolgados em embarcar nessa co-produção com a Bubbles Project e a Kromaki Filmes“, diz Michael Rifkin, Co-Head da Sony Pictures International Productions. “Eles conseguiram juntar um elenco incrível e temos confiança que o envolvimento da Sony Pictures vai poder agregar bastante ao projeto“, conclui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.