Reviews Séries & TV 

13 Reasons Why | Crítica da 4ª Temporada

Depois da controversa 3ª temporada, que já era meio que desnecessária para o desenvolvimento da série, eis que temos uma 4ª temporada ainda pior, e 13 Reasons Why (Os 13 Porquês) parece querer enterrar tudo o que fez até aqui. Clay (Dylan Minnette) se tornou algo quase irreconhecível…

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Logo em seu primeiro episódio 4×01 – Winter Break a série demonstra estar mais do que perdida nos caminhos que deve levar suas tramas e seus personagens. Monty (Timothy Granaderos) aqui virou o ponto chave para ter seu nome limpo e sua moral recuperada, o que tudo bem não ser ruim, mas ele e Bryce (Justin Prentice) aprontaram de tudo e a série quer elevar os personagens, mas acaba fazendo isso quase destruindo Clay.

Ao longo da temporada vemos Clay sofrer de síndrome do pânico e ter várias crises de ansiedade, enquanto tenta lidar com ameaças vindas do celular de Monty que garante que ele não é o assassino de Bryce e que merece ter sua memória limpa. Ao invés dele confiar nas pessoas ao seu redor, como Ani (Grace Saif) e Justin (Brandon Flynn), ele guarda segredos e vai perdendo a linha com tudo e todos.

13 REASONS WHY (L to R) DYLAN MINNETTE as CLAY JENSEN, TYLER BARNHARDT as CHARLIE SAINT, DEVIN DRUID as TYLER DOWN, MILES HEIZER as ALEX STANDALL, CHRISTIAN NAVARRO as TONY PADILLA and ALISHA BOE as JESSICA DAVIS in episode 401 of 13 REASONS WHY Cr. DAVID MOIR/NETFLIX © 2020

No desenrolar da temporada vamos vendo as medidas de seguranças que o Diretor Bolan (Steven Weber) instaurou está apenas piorando o caos dos alunos perante a permanência dos policiais dentro das instalações da escola. A presença deles e a forma de manter a segurança, trouxe dois episódios bem intensos, onde em 4×06 – Thursday e 4×08 – Acceptance/Rejection, colocaram os alunos em seus limites, já que criaram uma simulação de atentado, e depois os colocaram para enfrentar em protesto a polícia.

E no fim das contas, ninguém saiu perdendo ou ganhando nisso. Clay ainda descobriu que todos os pais e membros da escola estão monitorando seus celulares, então sua mente só vai ficando mais complicada de assimilar e pensar mais assertivamente nas coisas. E é o papel de Dr. Ellman (Gary Sinise) que visam colocar a mente de Clay no lugar, e a série perde bastante tempo nisso, para depois nos mostrar que ele tem tido algo como uma dupla personalidade, que vem boicotando a todos.

13 REASONS WHY ALISHA BOE as JESSICA DAVIS in episode 401 of 13 REASONS WHY Cr. DAVID MOIR/NETFLIX © 2020

A união da temporada de 13 Reasons Why acabou ficando com Estela (Inde Navarrette) irmã de Monty, Winston (Deaken Bluman) que teve um caso com o rapaz, e Diego (Jan Luis Castellanos) que via nele um ídolo que o tirou de um ponto comum. Os trẽs conseguem mexer na mente de todos os outros, e até Zach (Ross Butler) entra na briga para poder proteger a todos.

Tirando essa parte central do drama de Clay, a série buscou desenvolver as relações e vidas de todos os outros personagens…

13 REASONS WHY (L TO R) BRANDON FLYNN as JUSTIN FOLEY, DYLAN MINNETTE as CLAY JENSEN, ALISHA BOE as JESSICA DAVIS and CHRISTIAN NAVARRO as TONY PADILLA in episode 408 of 13 REASONS WHY Cr. DAVID MOIR/NETFLIX © 2020

Jess (Alisha Boe) ficou perdida após tudo o que aconteceu e confiou em Bolan sobre o projeto de segurança da escola, mas no desenrolar foi perdendo sua voz, e ela precisou de Clay, Estela e Ani para enxergar isso e tomar novamente as rédeas de sua vida. Ani também sofreu, foi condenada e teve que se redescobrir, principalmente quanto a relação dela com Clay, onde eles fortaleceram amizade deles.

Tyler (David Druid) teve que se reencontrar e mostrar aos amigos que mudou e que isso só aconteceu por conta deles. O roteiro ainda tentou mostrar ele envolvido com armas, mas ele estava sendo informante da polícia, além de retratá-las em fotos mostrando sua beleza e o medo que ela pode causar. Tony (Christian Navarro) e Clay foram importantes nesse desenvolvimento, e Tony também teve seus momentos, mas conseguiu se redimir com os sonhos de seu pai e traçar o seu caminho para se tornar um lutador.

Alex (Miles Heizer) reencontrou sua vida e se aceitou homossexual, teve um momento com Winston, mas foi em Charlie (Tyler Barnhardt) que ele teve o amor que precisava para seguir sua vida deixando os traumas para trás. Seus pais os aceitaram, e ainda fizeram diversas piadas com as situações.

13 REASONS WHY (L TO R) TYLER BARNHARDT as CHARLIE SAINT and ROSS BUTLER as ZACH DEMPSEY in episode 410 of 13 REASONS WHY Cr. DAVID MOIR/NETFLIX © 2020

Justin é quem não teve um final feliz… Seus anos nas ruas o deixou sequelas e mesmo com o tratamento das drogas, aos poucos nos episódios vimos manchas roxas por seu corpo, e no último instante uma consequência. Sua morte por conta da AIDS/HIV, que ele nunca soube ter contraído nos anos que foi garoto de programa nas ruas e nas trocas de seringas para o uso da heroína.

E no fim 13 Reasons Why se despede de todos enterrando todo o drama, quando a Sra. Baker manda as fitas de Hannah (Katherine Langford) que estavam com a polícia para Tony e Clay, que une todos os personagens e assim há uma despedida e o enterro da série.

13 Reasons Why sempre alertou sobre gatilhos para suicídio e outras coisas e até que pode ter tido lá seus momentos nas temporadas anteriores. Mas em sua 3ª temporada e aqui na 4ª temporada, a busca em redimir seus personagens “vilões” deixou muito a desejar. Acho que a conclusão do 2º ano foi bom, mas se estivesse encerrado em uma temporada só já teria sido suficiente.

Todos os episódios de 13 Reasons Why estão disponíveis na Netflix.

Postagens relacionadas