sábado, 24 fevereiro, 2024
InícioSéries e TVReviewsSupergirl | 4x11 - Blood Memory

Supergirl | 4×11 – Blood Memory

Supergirl resolveu focar no relacionamento entre irmãs e foi muito bom. Além disso, colocou Nia Nal lidando com conflitos familiares e expôs sua origem e viu-se criticada pela própria irmã.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Ao ver que Alex não lembra nada dela, Kara resolveu tirar um tempo para ficar ao lado de Nia e ajudá-la de alguma forma. A viagem para a pacata cidade de Partha que tem uma parada em homenagem da boa vida entre humanos e aliens, mas se colocam a frente dos Filhos da Liberdade com uma nova droga…

O encontro de Nia com a mãe, a visão de que ela morreria e o fato de não compreender tal visão foi bem intenso, mas pior foi vê-la sem saber como agir e com medo de que a irmã descobrisse que ela tem o dom. A irmã de Nia cresceu achando que seria ela com o Dom, mas não foi e ao saber que a irmã tem tal dom, ela desconta sua raiva e frustração ao falar que nem mulher ela era para ter herdado.

Kara então dá o maior suporte a Nia, explica as complicações entre irmãs, fala que a fala preconceituosa foi por momento de raiva, e assim mostra a Nia que ela é uma heroína e que as duas podem fazer muito pelo mundo. Kara mostra ser Supergirl, enquanto Nia ganha de sua mãe seu uniforme.

Alex começa a criticar Supergirl, as duas chegam a bater de frente, o que faz Kara ficar sem reação. Só que Alex sabe que tem algo de errado com ela, uma sensação de que algo lhe está faltando e vai ser intrigante ver como ela lidará ao saber que teve a mente limpa da memória de que Kara é Supergirl.

Gostei de ver Brainy sendo o substituto de Supergirl na parceria com Alex, e tivemos J’onn mais ativo ao lado da agente, até por preocaução do que pode acontecer com suas memórias.

Gostei do vilão do episódio ser uma droga potencializada devido a uma sobrecarga de energia na “Kara” criada pelo Harum El e que está vivendo em Kaznia. Além disso, eles já ligam para os Estados Unidos em uma forma de buscar um jeito de salvar a sua versão da Supergirl.

Outra coisa interessante é que já estão ligando as experiências de Lena a algo estranho e sobrou para James ocultar tal informação e acabar com a investigação… Vamos ver até onde ele irá.

Supergirl dá uma folga no Agente da Liberdade, mas não esquece sua trama de ódio, a medida que vai explorando outros damas interessantes e pode mudar um pouco o que esperar do restante de seu 4º ano.


Danilo Artimos
Danilo Artimoshttps://linktr.ee/danartimos
Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de cinema, televisão e teatro...

Artigos Relacionados

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba todas as principais notícias e informações em seu email.

Mais Lidas

Try Apple TV

Últimas