Os Caras Malvados | Crítica: Um filme de assalto, animado, e com algo a mais

1
2138

Vocês estão preparados para conhecerem os caras malvados? Pois fiquem. A nova animação da DreamWorks com o título Os Caras Malvados (The Bad Guys, 2022) vem como uma aposta divertida, com uma trama de assalto, e claro sem deixar de passar uma mensagem bonitinha também….uma coisa já clássica para o gênero de animação, não é mesmo?

E como 1+1 dá 2, aqui o que temos é uma combinação que dá muito certo. Afinal, não é só por isso que o longa se destaca e sim por conta também da parte técnica que o filme entrega. Aqui a animação realmente faz parecer que estamos vendo a história das páginas saltar em tela – o longa é baseado na obra de Aaron Blabey. Pense uma coisa parecida com Homem-Aranha No Aranhaverso só que com cores pastéis e um clima ensolarado, é isso que temos em Os Caras Malvados.

 Aqui os traços do time de produção realmente levam o longa para outro nível onde é basicamente impossível não ficar babando pelos gráficos na medida que vemos esses caras malvados tramarem seus golpes e suas artimanhas pela cidade.

Os 15 primeiros minutos são realmente tão divertidos, tão contagiantes e que realmente ditam o tom do longa. Aqui, logo de cara, conhecemos o Sr. Lobo (voz de Rômulo Estrela na versão dublada e Sam Rockwell na original) e o Sr. Cobra (voz de Sergio Guizé na versão dublada e Marc Maron na original), dois melhores amigos, trambiqueiros, e os caras mais malvados da cidade.

Foto: © 2022 DreamWorks Animation LLC. All Rights Reserved.

Eles estão prontos para mais um assalto, um dia qualquer para eles, onde o bom humor e o sentimento de camaradagem ajudam eles a realizarem o trabalho onde nada vai atrapalhar essa dupla, muito menos alguns obstáculos no meio do caminho vão conseguir acabar com a “graça” do momento.

Assim, o time formado também pelo Sr. Piranha (voz de ​​Luis Lobianco na versão dublada e de Anthony Ramos na versão original), da hacker Srta. Tarântula (voz de Nyvi Estephan na versão dublada e de Awkwafina na versão original), e ainda do mestre dos disfarces, o Sr. Tubarão (voz de Babu Santana na versão brasileira e Craig Robinson na versão original) estão prontos para mais um dia de trabalho. Para eles, esses caras malvadas e experientes, os melhores dos melhores, nada pode dar errado. E realmente nada dá, para o desespero, claro, da chefe de polícia (voz de Alex Borstein no original).

Mas é claro que esse grupo quer mais – quer dizer o Sr. Lobo quer – e o mundo do crime começa a ficar pequeno para esses grandes malandros. E assim para tentar dar o golpe dos golpes, e principalmente tirar o sorrisinho da cara da Prefeita Diane (voz de Agatha Moreira na versão dublada e de Zazie Beetz na versão original), o Sr. Lobo tem um plano infalível para colocar em prática e fazer com que eles entrem no Hall da Fama dos criminosos: roubar um cobiçado troféu que é dado para apenas para os mais gentis e generosos. Coisa fácil igual tirar doce de criança, certo? Mas é aqui que a confusão começa a dar errado para essa gangue e o que provoca as passagens mais engraçadas do longa.

Na medida que eles são pegos (finalmente, pensa a chefe de polícia) com as calças na mão (literalmente!), o Sr. Lobo, claro, tem um plano na manga. Mais um. E se eles tentassem serem bons, os Caras Legais? Assim, caberá ao Professor Marmalade (com a voz de Richard Ayoade na versão original) assumir essa lição no maior estilo Minha Bela Dama e colocar um pouco de juízo na cabeça desse grupo. E é aqui que o texto de Etan Cohen e Hilary Winston faz Os Caras Malvados se diferenciar, em apenas ser uma animação sobre assalto e ganha ares mais interessantes com algumas das viradas que a trama toma ao longo da trajetória desses personagens em se tornaram bonzinhos.

Foto: © 2022 DreamWorks Animation LLC. All Rights Reserved.

Assim, Os Caras Malvados coloca o espectador para acompanhar as aulas do pomposo professor com os seus novos alunos (com fantasias e porquinhos da Índia envolvidos) que garantem bons momentos juntamente com gatinhos presos em árvores e live em redes sociais. E claro não seria um filme de assalto, ou um do gênero, se não tivéssemos traições, segredos revelados, e claro, reviravoltas atrás de reviravoltas. Eu confesso que ao assistir o filme, em algumas eu fiquei: “Hum, me pegou essa.” outras “Eu sabia que X estava envolvido de alguma forma e etc. Os Caras Malvados realmente ganha um gás tremendo nos seus momentos finais com um roubo do século em andamento, onde o grupo precisa se unir e fazer alianças inesperadas para se livrarem da confusão que se meteram e principalmente da cadeia (alguns precisam antes sair dela primeiro, mas aqui sem spoilers). 

No final, Os Caras Malvados entrega diversão do começo ao final com um roteiro afiado, e personagens carismáticos que vão te fazer querer passar mais tempo com eles assim que o filme acabar. Sem dúvidas. 

Avaliação: 3.5 de 5.

Os Caras Malvados chega nos cinemas em 17 de março pela Universal Pictures.

Try Apple TV

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta