O Livro de Boba Fett | 1×05/06/07 – Quando o livro se torna uma apêndice

0
612

Basicamente o combo de episódios que fazem parte do final da temporada de O Livro de Boba Fett formariam um apêndice ao tal livro que conta a história do personagem do caçador de recompensas da franquia Star Wars.

Depois de ganhar destaque e realmente ser o foco, afinal, o seriado leva seu nome, fica claro que uma vez personagem de apoio sempre personagem de apoio, não é mesmo? Nos seus episódios finais, vimos Dave Filoni e Jon Favreau amarrar as pontas dessa nova aventura no mundo de Star Wars e trazer um monte caras, algumas verdes e peludas, de volta para apimentar a trama do seriado que convenhamos não estava dos mais convidativos.

O problema com o O Livro de Boba Fett é um, um pouco difícil para se traduzir em palavras escritas, mas em resumo é um sobre expectativas. Ao mesmo tempo que o personagem de Boba Fett parecia não sustentar uma atração solo e ter com poucas conexões com o mundo apresentado em The Mandalorian, a série veio aí e o nome da atração e a história a ser contada era do caçador de recompensas que conhecemos lá nos filmes Star Wars. Ao vermos a narrativa ser dividida e termos um episódio inteiro, quase dois, focado no outro caçador de recompensa, aquele que conhecemos com o personagem de Pedro Pascal, parece que os roteiristas nos enganaram. 

Claro, foi muito mas muito satisfatório vermos esse The Mandalorian Temporada 2.5 com o retorno de Mando, Grogu e tudo mais. E que fez as coisas em O Livro de Boba Fett pegarem fogo nesses episódios finais da atração. Mas se o foco era Boba Fett e sua tomada de poder por que estamos vendo esses outros personagens com destaque?

Então vamos para os spoilers e para o que aconteceu efetivamente né?

ALERTA DE SPOILER!

Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos da série/filme.
Continue a ler por sua conta e risco.

BUC-FF-006478.jpg
Foto: Disney+


Só pelo título do episódio a gente já poderia suspeitar que Mando estaria de volta e iria dar as caras (com o capacete, claro!) em O Livro de Boba Fett. Afinal, lá no final do episódio 4 a música tema do personagem finaliza o capítulo mas só ao assistirmos o 1×05 – O Retorno do Mandaloriano que fica claro que O Livro de Boba de Fett iria pular algumas páginas e nos mostrar um pouco do que Din Djarin (voz? de Pedro Pascal que já devia estar por gravar a série The Last Of Us…. na época) fazia após os eventos da sua série.

Tivemos também o retorno do Darksaber e toda aquela mitologia sobre os mandalorianos, eles perderem seu planeta, e as regras sobre o uso do capacete e tudo mais que era uma tema interessante. Mas para vermos numa série chamada O Livro de Boba Fett? Não tanto. 

O episódio 5 sai das areias do deserto e meio que pavimenta talvez as coisas para a temporada 3 de The Mandalorian, ou até mesmo uma possível atração focada em Bo Katan que não apareceu mas foi bastante citada aqui. A mitologia que envolve o povo mandaloriano, suas origens e do funcionamento do sabre especial parecem também que devem ser o foco da história lá na frente para o personagem quando ele não está ao lado de Grogu, que foi citado também, onde aqui mais como um easter-egg e alguma coisa para o futuro (mais sobre isso abaixo).

BUC-046837_R.jpg
Foto: Disney+

O episódio também nos entregou uma luta super tensa em um tipo de ponte (bem a cara de Star Wars!) e depois Mando partiu de volta para Tatooine. E não foi o único Retorno de Jedi, de personagem, que tivemos. Tivemos o retorno também da hilária mecânica Peli Motto (Amy Sedaris) que tecnicamente precisava ajudar o personagem com a reforma de sua nave, a Razor Crest, mas isso gerou cenas dos dois arrumando uma nova nave muito boa. O que tivemos mais no capítulo quase 100% focado em Mando? Tivemos o retorno também dos pilotos da X-wings da Nova República, onde o humor da série continuou afiado e ainda Fennec Shand contratando o personagem para os ajudar na guerra contra o sindicato. 

E o episódio 6 – Do deserto vem um estranho meio que continua essa jornada de Mando com pouca participação, ou tempo de tela, para Boba Fett, os eventos que acontecem na cidade e tudo mais. Não reclamamos muito só pelo fato que sim, Grogu está de volta e com ele somos apresentados (na parte de O Livro de Boba Fett que mais se conecta com os filmes) para a tal escola Jedi que Luke Skywalker montava e depois foi destruída lá nos eventos vistos no flashback da nova trilogia). E sim, a Disney bancou novamente os efeitos especiais para trazer a versão mais jovem do Jedi com a cara do Mark Hamill da época dos filmes de volta. Tadinho do dublê de corpo que só trabalhou e não teve sua cara no mundo. Será que já não está na hora de um recast?

BUC-FF-005129.jpg
Foto: Disney+

Quem retorna também é o robô R2-D2 e claro ela, a Jedi Ahsoka Tan (Rosario Dawson) que vai ter sua série própria (ou será que vamos ter o mesmo esquema aqui com poucas cenas do protagonista em sua própria atração?). Ao longo do episódio vemos que o Mestre Luke usa todos os ensinamentos jedi para ensinar Grogu a dominar a Força onde parece também que o serzinho verde é o primeiro padawan da tal escola.  Será que essa obsessão de Luke para treinar novos jedi vista aqui nesses momentos da série nos levará em algum projeto onde vermos a chegada dos outros alunos e principalmente de Kylo Ren? Vamos Kathleen Kennedy, galera da LucasFilm. Queremos esse projeto em desenvolvimento. 

Assim, o trio de mercenários e amigos, formado por Boba Fett, Fennec Shand e Mando estão prontos para bolar um plano para vencer os inimigos. Mas o mandaloriano acha que talvez eles poderiam ter mais ajuda e parte para uma região conhecida agora como FreeTown e olha quem está de volta? O Xerife Cobb Vanth (Timothy Olyphant)! Quem sabe o povo da região não topa ajudar Boba Fett com sua missão. É o mínimo que Vanth possa fazer depois de ter ficado por anos com a armadura dele, não é mesmo?

E depois de introduzir o “Chewbacca do mal”, o Krrsantan no começo da temporada, O Livro de Boba Fett trás também para as telas um outro personagem, aqui um visto nas animações Clone Wars chamado Cad Bane que ganha sua versão em live-action com voz de Corey Burton no original.

BUC-FF-005303.jpg
Foto: Disney+

O mercenário dos olhos vermelhos chega representando a organização que quer usar a região como rota de especiarias e claro trabalho para a liderança de Boba por lá. Assim, o final da temporada se forma, e o episódio termina com uma explosão que acaba com o bar da região (aquele que os personagens iam beber que apareceu no começo da temporada) e com as chances de Madame Garsa (Jennifer Beals) ser a verdadeira líder do Sindicato, conforme eu achava com a minha teoria formada na minha cabeça.

Todos os personagens, pelo menos os que sobreviveram, estão de volta, e prontos para ajudar Boba (que novamente fica um pouco de escanteio no episódio) a deixar o sindicado fora do controle da região no final da temporada, o 1×07 – Em nome da Honra. E todo mundo aparece para a luta. Mando, o povo da cidade, o povo da cidade vizinha, a gangue dos jovens e da motocicleta, até mesmo Peli Motto, e claro, sabemos a decisão de Grogu que ficou em aberto no episódio. Descobrimos logo de cara se ele ficaria na escola de jedi com Luke ou voltaria com Mando. E isso acontece super rápido e já no começo do episódio hein?

Afinal, é a luta do episódio final, e O Livro de Boba Fett não poupa dinheiro do orçamento da série com efeitos especiais e cenas de explosões. Temos até o retorno do grandão Rancor que estava no porão do palácio de Jabba e que aqui deu as caras, e a boca cheia de dentes, para jogo.

Uma batalha importante que o episódio entrega é entre Cad Bane e Boba. O mercenário trabalhando para o Sindicato (descobrimos quem são os líderes e que o prefeito era um deles) afirma que o povo do deserto foi morto por eles. Então agora é vingança para o nosso protagonista. Fennec Shand também tem seu momento de brilhar e acabar com os inimigos. E Mando e Grogu parece que finalmente estão de volta para a alegria dos fãs que aguardam a temporada 3 da série deles. Grogu inclusive parece até ter dominado um pouco mais a Força como vimos aqui na medida que ele salva a vida de Mando de uma das máquinas gigantes que chegaram na região para atacar.

O episódio terminou esse capítulo da vida de Boba Fett da mesma forma que o primeiro, com a certeza que talvez não fosse uma boa ideia ter focado em um personagem tão secundário. Mas pelo menos juntou o Mordomo do Prefeito com a Peli Motto que gerou algumas cenas bem divertidas. O tanque de cura de Boba também retorna na medida que vemos Cobb Vanth no lugar. Mando e Grugu partem para suas novas aventuras… quem sabe para onde nessa galáxia tão tão distante eles vão parar. A temporada 3 vem aí. Mas antes o foco em Star Wars deverá ser nos Jedis.

O Livro de Boba Fett está disponível no Disney+.