Destaques Reviews Séries & TV 

Falcão e o Soldado Invernal | 1×03 – Mercador do Poder: E mais pessoas em um jogo de cobras e poder

Falcão e o Soldado Invernal fazem uma longa viagem para desenhar o caminho do Soro do Supersoldado e nesse caminho várias referências se cruzam e trazem novas características para a relação de Sam e Bucky, mas também faz velhos personagens terem novas relevâncias. Além disso, diretamente dos quadrinhos Madripoor aparece em sua exuberância da Cidade Alta, e sua sujeira na Cidade Baixa e o Bar da Princesa.

ALERTA DE SPOILER!

Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio/série. Continue a ler por sua conta e risco.

O resgate de Barão Zemo nos momentos iniciais da série foi digno de séries de espionagem, com Bucky explicando a necessidade de terem Zemo, enquanto o mesmo vê o plano sendo executado. Impossível não segurar uma risada quando o barão aparece na frente de Sam. Essa jogada os levam a Madripoor, mas é evidente que terão um preço caro a pagar lá na frente.

Fato é que a viagem dos 3 aumenta o nível de satisfação em ver a conversa entre eles, sempre cheia de piadinha e rancor. Se inicialmente Sam e Bucky nos serviam um prato cheio de momentos juntos, com a chegada de Zemo as coisas ficam mais ácidas e cheias de rancor.

Madripoor é muito bem desenhada, o Bar da Princesa é um refúgio dos piores homens, e Zemo tem ao seu lado o Soldado Invernal e o Tigre Sorridente… Sam como o vilão ficou hilário e trouxe referência dos quadrinhos dos mutantes da Marvel, visto que ele foi criado em Novos Guerreiros #19, de 1992, bom ter essas referências.

Foto: Marvel Studio/Disney Plus

O encontro com Selby para descobrir o paradeiro do Mercador do Poder, ou quem estava por trás de recriar o Soro do Supersoldado além de ter tirado a vida da mafiosa, os colocaram no caminho de Sharon Carter, e posso dizer que foi sensacional vê-la de volta, mas há muito mistério em seu entorno, mas o melhor foi descobrir que ela teve que se esconder, pois enquanto Steve e Sam recuperaram sua vida, ela que roubou o escudo e as asas para eles salvarem o Soldado Invernal, acabou sendo condenada e não pode voltar a ser quem era.

A melhor parte nem foi ver a riqueza que ela acumulou na Cidade Alta sendo vendedora de arte, mas como ela se encaixou nisso tudo e tem seus contatos. Chegarem a Wilfred Nagel, o criador desse novo soro foi fácil, e o mesmo nos quadrinhos, foi quem estava envolvido na criação do soro de Isaiah Bradley. Aqui ele usou o sangue da “cobaia” e refez o soro para a CIA, mas ele sumiu com o blip e quando voltou fez fama com o Mercador do Poder.

Tudo é bem encaixado, pois eles terminam sabendo de Karli e sua vida e acabam indo para Letônia, mas a questão é que Zemo tem interesse nesse soro, mas ainda não deixou claro o que seria, e ele matou Nagel para ninguém mais ter acesso a sua ciência. Outra coisa é que Sharon ainda esconde mais coisas dos amigos e está com um pé atrás, e é interessante ficar criando teorias sobre sua nova condição…

Antes de comentar o momento final do episódio, é interessante ver Walker e Hoskins conversando sobre o que precisarão fazer para resolverem por si só a situação, já que querem os louros para si. O novo Capitão América precisa resolver a questão dos Apátridas para se fortalecer na opinião popular e Walker está disposto a qualquer coisa, e só acho que Hoskins não gostará muito disso.

Por fim, Bucky viu pedaços de informação espalhados na Letônia e sabia que aquilo era para ele e era importante para ele seguir as pistas. No fim essas pistas o leva a uma agente Dora Milaje, que foi atrás deles para ter o Barão Zemo, afinal ele foi responsável pela morte do Rei T’Chaka.

Foto: Marvel Studio/Disney Plus

Falcão e o Soldado Invernal | 1×02 – O Herói Americano: O legado dos Capitães América

Falcão e o Soldado Invernal seguirá essa onda de espionagem e referência ao legado do Capitão América para conectar todo o universo da Marvel e nos trazer referências, para criar os próximos passos na Terra do que teremos no futuro e isso é muito bom. Kevin Feige está firmando a sua base nas séries e mais uma vez fez um acerto e tanto com Falcão e o Soldado Invernal, entregando trama e episódios que ficam no encalço dos excelentes Capitão América: Soldado Invernal e Capitão América: Guerra Civil e tudo o que eles trouxeram de mudança para o MCU.

Falcão e o Soldado Invernal tem episódios inéditos liberados as sextas no Disney+.

Postagens relacionadas