Diretora de Echo comenta em bate-papo sobre o tom do seriado e o que os fãs podem esperar da evolução da personagem

0
35

Conhecemos Maya Lopez, a Echo lá no seriado do Gavião Arqueiro em 2021.

E por mais que a personagem tenha sido apresentada como um vilã, na sua série própria que estreia no Disney+ e no Star+ no dia 10 de janeiro veremos que as coisas não são bem assim.

E o ArrobaNerd foi convidado pela Disney para o dia de imprensa da atração, onde participamos da coletiva de imprensa junto com os produtores e atores do seriado.

Assim, descobrimos algumas curiosidades de bastidores da atração que vai acompanhar a história de origem de Echo, onde veremos que Maya Lopez (Alaqua Cox) vai precisar encarrar seu passado, se reconectar com suas raízes nativa-americana e abraçar o significado de família e comunidade se ela tiver esperanças de seguir em frente.

E a diretora e produtora executiva Sydney Freeland comentou em bate-papo o que os fãs podem esperar do tom da atração e da evolução da personagem.

Confira abaixo:

Alaqua Cox em cena de Gavião Arqueiro da Marvel Studios.
Foto: Photo by Chuck Zlotnick. ©Marvel Studios 2021. All Rights Reserved.

Para Echo, a atriz Alaqua Cox retorna como a personagem depois de ser introduzida na série do Gavião Arqueiro. E Freeland comenta um pouco sobre como a série vai contar a evolução da personagem, e onde a história de Maya se conecta nos eventos que já vimos no MCU.

“Um dos aspectos mais interessantes sobre a personagem é o fato que ela é uma vilã em Gavião Arqueiro, certo? Mas com essa informação em mente, uma vez que você começa, a puxar o fio da meada, vamos por descobrir mais e mais. Vemos de onde ela vem, certo? E descobrirmos “Ah ela é uma garota surda, indígena e amputada que veio de Oklahoma.” diz ela.

A produtora continua: “e começamos a nos perguntar: “Como é que ela acabou por ser uma das funcionárias do alto escalão do exército do Rei do Crime?”

E então responder todas essas perguntas nos deixaram em um lugar empolgante em estarmos.

“E depois precisamos responder a pergunta: Bem, o que ela vai fazer depois que ela voltar para a casa?” então para mim, sendo também indígena, sendo uma americana, foi muito empolgante estar nesse lugar para responder. E quando você coloca os aspectos culturais Choctaw em cima disso, nós dá a chance de realmente contar uma história divertida.” diz a produtora e diretora.

E conclui: “Eu acho que o maior exemplo disso fica com o episódio 2 da série, onde temos uma cena que eu acho que posso dizer honestamente que eu nunca vi gravada, e temos a chance de visitar uma América antes do contato dos Europeus, e aquela cena toda e a sequência inteira veio de um resultado de termos trabalhado diretamente com a nação indígena Choctaw.”

Alaqua Cox e Vincent D’Onofrio em cena da série Echo da Marvel Studios para o Disney+ e Star+.
Foto: Photo by Chuck Zlotnick. ©Marvel Studios 2023. All Rights Reserved.

E para mostrar essa mudança da história, e da personagem de Maya Lopez, que vimos em Gavião Arqueiro, para a que veremos em Echo, Freeland comenta sobre o tom escolhido para a atração.

“Eu acho que tudo vem da história. Tipo, quem é essa personagem? De onde eles vem? O que eles estão fazendo? Qual é a emoção? E no nosso caso, nós temos Maya Lopez, que em Gavião Arqueiro, ela é introduzida como uma vilã. E esse foi nosso ponto de partida.” afirma ela.

“Nós temos Maya Lopez, nós temos Wilson Fisk, e você tem todo esse submundo do crime como ponto de partida. E sabe que em algumas conversas lá no começo, isso tudo foi discutido [sobre qual seria o tom da atração]“continua a executiva.

Freeland completa sobre a atração: “E isso é muito interessante, o fato que ela é uma vilã, afinal, a ideia nunca foi em transformar ela em um Capitão América sabe? Em conversas com a Marvel Studios foi: vamos ver se conseguimos avançar um pouco mais, vamos ver o quão [mais sombrio] poderíamos ir. Então, de verdade, o tom, e o estilo visual da série veio pela história, as circunstâncias, o contexto da personagem.”

Completam o elenco os atores Vincent D’Onofrio, de volta como Wilson Fisk o Rei do Crime, Chaske Spencer (Wild Indian), Tantoo Cardinal (Killers of the Flower Moon), Devery Jacobs (Reservation Dogs), Cody Lightning (Hey, Viktor!), Graham Greene (1883) e Zahn McClarnon (Dark Winds).

Echo chega em 10 de janeiro no Disney+ e Star+.

Deixe uma resposta