Notícias Séries & TV 

Brasileiros criam série documental sobre Coronavírus COVID-19 pelo celular durante a quarentena

Visão plural diante dos fatos e entrevistados das mais diversas áreas. Esse é o roteiro de uma série documental que nasce, no período da quarentena, intitulada A Tirania da Minúscula Coroa: COVID-19, fruto de uma parceria inédita entre os taquaritinguenses – jornalista Gustavo Girotto e Ricardo e Juliano Sartori, da Via d’Ideia – especialistas na produção de vídeos documentários.

Mais de 300 horas de material foram transformadas em uma série documental do YouTube, em capítulos que serão lançados ainda nesta semana por meio do canal no YouTube. O teaser já está pronto e circulando nas redes sociais. A produção demandou estudo, cuidado e concentração, mas, acima de tudo, um roteiro de orientação que cativa o telespectador para entender a gravidade dos fatos.

Médicos, economistas, artistas, jornalistas e profissionais de áreas de pesquisa integram o conteúdo transmitidos pelas rádios Planeta Verde e Canal Um FM, que agora fora transformado em uma narrativa jornalística de série documental. “Criamos um documentário in house – até como desafio pessoal – respeitando a quarentena. Doamos uma parte do tempo para construir esse material, cujo objetivo é esclarecer quais os cuidados, os impactos na economia e até uma visão espiritual diante desta crise sob a ótica de grandes profissionais. Foi um trabalho totalmente voluntário – de todos os envolvidos. Só temos uma certeza: o mundo nunca mais será o mesmo”, destacou Girotto.

A busca e o encontro da ideia foram a causa de partida da série documental, amarrada em um roteiro didático e estruturado. “Quando o Girotto sugeriu a ideia e o propósito – que é levar informação de qualidade e conscientização – aceitamos o desafio da parceria. Acreditamos que, neste momento, todo talento deve ser doado para causas que ajudem a população nessa dura travessia. Foram horas de dedicação para alcançar esse resultado”, exemplificou Ricardo Sartori, diretor de arte do material, relembrando que “tudo foi produzido por vídeos depoimentos no celular, o que aumenta o desafio”.

Girotto relata que, sem a parceria dos irmãos Sartori, esse trabalho não seria possível. “O trabalho de produção e edição deles [Juliano e Ricardo Sartori] são inquestionáveis, de um talento já consolidado. O jornalista taquaritinguense Tércio David Braga, que passou pelo Estadão e Metro, também colaborou na estruturação dos temas. A orientação conta com um nome de peso: o jornalista Adalberto Piotto, autor do filme ‘Orgulho de Ser Brasileiro’. Uma honra contar com essas parcerias, que entenderam que o conteúdo é de grande relevância social. Agradeço especialmente aos entrevistados que me atenderam neste período, além das rádios da cidade que abriram esse espaço. Vamos continuar produzindo o material, até termos uma janela de esperança no horizonte”, relatou o jornalista.

Juliano Sartori explica que, o padrão de produção, está alinhado com essa tendência moderna de seriados do NetFlix. “Nos inspiramos nesta dinâmica – de transformar o conteúdo em capítulos de uma série documental – que cresce em cada episódio em uma lógica de time line. A narrativa jornalística diante dos fatos – cercada de depoimentos de grandes nomes de cada área – aliado a essa edição dinâmica, são os pontos fortes da produção. É um forma de devolver para sociedade, por meio de um trabalho voluntário, o que gostamos de fazer: gerar conteúdo que provoque transformação. Democratizar conteúdo de qualidade, neste momento, que ajudem a mitigar riscos deste inimigo invisível – é essencial”, exemplificou Juliano, que dirigiu toda roteirização.

Por fim, com edição de Via d’Ideia, trabalho jornalístico de Gustavo Girotto, com colaboração jornalística de Tércio David Braga e orientação de Adalberto Piotto – estreia a série documental A Tirania da Minúscula Coroa: COVID-19.

Postagens relacionadas