BillionsReviews Séries & TV 

Billions | 5×05 – Contract

Família… Como lidar com seus problemas e ainda tentar focar nas coisas do trabalho. Billions reforça a corrida de “gato e rato” entre Chuck e Axel, mas mostra que a paternidade é um problema que eles carregam por um tempo… Nesse meio tempo ainda temos as dúvidas sobre como ficarão as coisas entre Taylor e Wendy.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio/série. Continue a ler por sua conta e risco.

Chuck e Kate foram até a avaliadora que daria o aval para que Axel iniciasse o seu processo de criação do banco, e ali deram uma cartada que podem queimar muita gente. A forma como eles promete recuperar um anel de família para ela, desde que ela adie a resposta, e de uma negativa depois, foi muito baixo.

Eles recorrerem a Jackie Connerty para recuperar o anel, mas ele diz que antes Chuck deveria se encontrar com Bryan, que está preso, mas isso só para ele levar um soco na cara. Jackie e Kate ficam próximos e a tensão sexual entre eles, com um pouco de conversa italiana, foi sensacional. Jackie consegue o anel e por isso Calder faz o pedido.

Axel descobre que teve sua negativa no banco após algumas reuniões, onde ela pede um novo CEO para o banco, e a justificativa de que há um banco comunitário na região de Yorkers, onde ele quer iniciar o processo. A negativa, depois de destruir tudo, o deixa mais do que irritado, e quero ver como ele e Wags lidarão com isso… Espero mais de Hall.

Bobby então teve que lidar com Savion, que após ter a visita de jantar comprometida, começou a conversar com jornalistas locais, o que poderia queimar demais o bilionário. A solução foi dar um futuro para ele e sua mãe, e assim comprar a casa que foi sua de volta.

Ah! Dollar Bill, Spyros, Ben, Tuk e Mateo acabam agindo rapidamente para ajudar o patrão a destruir o banco comunitário ao ver como eles lidam com a diversidade aumentando as taxas de juros, e deixando as mesmas lá em baixo quando é com uma pessoa branca.

E voltando a falar de casa, a questão acaba sendo família…

Sr. Rhoades tem um problema nos rins e não pode entrar na fila de transplante por conta da idade, excesso de charutos e bebidas, quero ver como Chuck lidará com a provável perda do pai. Eu fiquei esperando o Sr. Rhoades pedir para o filho dar um jeito, nem que ele fosse doador do rim.

Já Bobby não quer nem ver o dele pintado, por conta de todo o passado de abandono e esquemas, e ao saber que sua mãe, Laurel, está em contato com ele, não só a ameaça de tirar tudo dela, como vai e destrói o carro que sua mãe deu para o ex. Impossível não querer adentrar mais nas relações familiares dele.

Wendy e Taylor estão em uma maré de sorte, o episódio correu com elas tentando contratar uma nova analista “verde”, com foco em coisas sustentáveis, enquanto Winston estava preocupado em perder o emprego. Gostei da forma como Lauren colocou Taylor contra a parede, comentando que Wendy está tirando tudo dela, como ela indo para a empresa principal, a possível saída de Winston, e até mesmo Sara.

Enquanto isso Wendy começa a se envolver mais emocionalmente com Nico, o pinto, o que gera incômodos para Chuck, que por sua vez está de envolvimento com Cat, a escritora. A reação de Wendy vendo a escritora no quarto de Sr. Rhoades, foi bem legal.

Billions continua trilhando um ótimo caminho, e minha torcida agora é a crescente para cima dessa criação do banco e de como Chuck poderá desenrolar os problemas para Axel. E é bom ver Axel com dois inimigos pessoais lhe dando problemas, só saber onde Mike ainda entrará em tudo isso

Postagens relacionadas