Reviews Séries & TV 

A Million Little Things | 3×17-18 – Justice [Season Finale]

A Million Little Things chegou a sua season finale e dupla para encerrar alguns ciclos e começar outros que realmente me deixaram preocupados… A forma que estão lidando com o assunto do assédio é interessante, mas deram uma pisada de bola nos momentos finais que podem ter consequências tensas.

ALERTA DE SPOILER!

Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos da série/filme. Continue a ler por sua conta e risco.

Primeiro vamos falar de Eddie, ele está passando por problemas com a história de Kath em não querer que ele tenha a guarda conjunta de Theo, por conta de seu vício, mas ele conseguiu um agravante a sei favor que é a queimadura que o menino sofre sozinho, enquanto a mãe está trabalhando. Achei realmente que Eddie fosse usar isso, mas ele desistiu no final.

Se Kath está tensa com as possibilidades quase se fechando com Alan, Eddie também sofre com a história de Delilah querer ir para a França de vez… Para piorar, ele começa a receber ligações, que ele começa a fazer brincadeiras, mas no fim ele descobre ser a pessoa que o atropelou, e isso fica para a próxima temporada.

Rome e Tyrell começam a passar mais tempos juntos e ele tem gostado dessa história de pai adotivo e acaba precisando lidar com as emoções do adolescente, que liga alguns pontos e acredita que um ex namorado de sua mãe quem a denunciou para a imigração só para conseguir o cargo dela no hospital. Ele quase agride o homem, mas descobre que sua mãe só foi descoberta por culpa dele mesmo, pois ela dirigiu em alta velocidade e foi pega, tudo para postar uma aplicação de Tyrell para a faculdade…

Delilah está cansada das lembranças de Jon pela casa e ao ver Sophie feliz na França, acaba tomando a decisão de se mudar com todos os filhos de vez, sem os consultar, e isso gerar um verdadeiro embate, onde ela acaba vendo sua maior infelicidade e destruindo um quadro de família. Danny que tinha té gritado com ela, acaba entendendo a dor da mãe, mas ainda não saberemos como ficará essa situação.

Agora, Regina e Maggie tem dado o maior apoio a Sophie e sua decisão em denunciar Peter, e eles conseguem até mesmo que os pais de Layla acabem cedendo, mas a polícia não pode fazer nada, pois ela enviou imagens e mensagens para Peter após o ocorrido e ele soube disfarçar o crime que cometeu, fazendo-os perder as provas. O sentimento de destruição é geral, até mesmo a mãe de Layla fica sem chão.

Só que aí vem a ação que me fez ficar com um pé atrás, mas é uma série de drama… Gary foi até a casa de Peter e enfiou um saco em sua cabeça e o puxou para dentro, a questão que fica em aberto é se ele irá fazer algo intenso, uma surra ou até matá-lo, ou será só um susto para ele aprender… Tudo isso é algo interessante, mas que deixa apreensivo em como lidar com uma situação de assédio e a vingança pelas próprias mãos para cima do criminoso.

A Million Little Things | 3×16 – No One Is To Blame

No fim A Million Little Things entregou uma temporada intensa e gostosa de acompanhar, com seus altos e baixos, mas que no ponto certo soube levar a situação atual para dentro de seu enredo e fazer disso algo a seu favor.