The Good Fight | 2×01 – Day 408

E depois de uma longa espera eis que temos o retorno de The Good Fight! Diane, Lucca e Maya estão mais incríveis e apimentadas do que nunca, e Marissa continua maravilhosa! Mesmo ainda enrolados na trama de Henry e as consequências para Maya, a onda de ataque a advogados parece que vem para tornar as coisas mais urgentes e interessantes…

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Sempre dando aquela cutucada na política dos Estados Unidos, a série já abre novamente ligando as coisas a Trump e seu governo instável, e eles vão muito além ao colocar Jay para brincar com um áudio vazado por Madeline para Maya e Lucca, e ele colocar uma mulher como Trump e insinuar que Henry está preso no porão do presidente.

Este áudio é uma alteração para que Maya entregue o pai para a justiça e Madeline vai baixo na solução. Sorte que Lucca é mais esperta e age primeiro, mas temos consequências, já que uma parte do áudio parece verdade, principalmente a que ele assume ter um filho fora do casamento e manter uma outra família. Ainda teremos muito para ver desenvolvido ali.

Agora, a morte de Reddick traz novas oportunidades para a firma, que primeiro terá que trabalhar uma forma de que a filha do sócio, Liz, não saia da firma e leve o seu nome, pois um dos maiores clientes, que está sob os cuidados de Diane, pretende ir com ela. Diane, Boseman e Adrian terão que lidar com essa situação por um tempo.

Mas são as mortes dos advogados que estão assustando a todos, colocando-os em alerta, já que foram mais de 4 funerais recentes, sendo praticamente 2 no mesmo dia. Um homem pedindo que as pessoas matem os advogados viralizando também não ajuda muito.

Marissa esteve excelente se impondo para Boseman e suas conversas com Diane foram ótimas, mas com Jay as coisas também ficam legais. Diane e Ruth em climão por conta dela deixar a advogada de lado foi legal, mas a virada com Ruth indo para Barbara me deixou encucado.

The Good Fight retornou muito bem e me deixou ansioso para os próximos episódios.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.