The Big Bang Theory | 11×10 – The Confidence Erosion

The Big Bang Theory demorou, ms finalmente fez com que revessemos um pouco das atitudes na amizade de Howard e Raj, ao mesmo tempo que colocou o casamento de Sheldon e Amy em jogo por conta de uma dança. É legal ver a série crescendo e tocando em pontos que a fizeram ser como é.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Ao colocar a amizade de Howard e Raj em cheque por conta da forma como o judeu sempre o tratou muda completamente a dinâmica entre os amigos, podendo vir a trazer a amizade deles a ficar mais sincera e menos agressiva e ácida. Howard brinca com suas roupas, seu jeito, sua origem da Índia e Raj sempre levou isso na brincadeira e precisou que o pai o alertasse sobre como isso lhe era tóxico.

O caminho é árduo, mas deve gerar uns conflitos e dramas na comédia que fará bem aos dois personagens, amadurecendo a relação deles. Quando Raj consegue o emprego e Howard pensa em lhe elogiar, ele vê que poderia estragar um pouco o momento e prefere se afastar e deixar que ele aproveitasse o seu momento com a garota que ficou admirada com sua inteligência.

Enquanto isso, a metodologia de escolha dos itens do casório de Amy e Sheldon começaram até que bem, até que resolveram trocar o que cada um iria escolher em cada área do casamento. Impossível não rir da ideia da cerimônia em Latim com os votos em Klingon, mas é a primeira dança, que nunca aconteceria que acaba fazendo Amy repensar a ideia de uma festa.

A série sempre teve bons momentos de casamento, e momentos até deliciosamente constrangedores, como o dos pais de Sheldon e Leonard, e a série precisa dessa evolução para Sheldon e Amy, e foi bonitinho ele querendo voltar a traz e ter a primeira dança e dar o momento que ela merece. Espero muito continuar a ver essas pequenas evoluções de Sheldon.

Ah! The Big Bang Theory precisa muito de uma noitada só das meninas e dos meninos…

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.