Supergirl & The Flash | 2×16 – Star-Crossed / 3×17 – Duet

​E o tão aguardado crossover musical entre Supergirl​ e The Flash aconteceu… Foi gostoso pelo reencontro de Grant Gustin, Melissa Benoist e Darren Criss depois de Glee? Demais da conta! As canções foram boas? Deu para nos divertir. E o desenvolvimento da trama? Isso ficou a desejar…

Novamente tomaram a decisão de colocar Supergirl no crossover somente no último e ínfimo instante, o que poderia ter desenvolvido muito melhor as coisas, deixando todo o projeto para Duets, de The Flash. Assim, Supergirl seguiu sua trama, enquanto The Flash parou tudo para desenvolver o relacionamento Barry x Iris e Kara x Mon-El.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

O foco do episódio de Supergirl ficou em cima de livrar Winn da acusação de roubo, pois Lyra não aparece nas câmeras de segurança ou foto, e usou nosso nerd para roubar peças de arte de museus, mas por uma nobre causa: seu irmão estava sendo mantido refém de uma gangue. Gostei da força de Maggie querendo cumprir seu papel, enquanto Winn esteve ótimo confuso com as atitudes de Lyra.

Só que o problema mesmo é ver Kara descobrindo que Mon-El mentiu para ela, e olha que ela sabia que o príncipe de Daxam era metido, e descobrir que não só Mon-El é o príncipe, como muitos morreram para protegê-lo a deixou chateada com a quantidade de mentiras. O maior problema é que Mon-El está afetado pelas dignidade de Kara e enfrenta ninguém menos que seus pais, que sobreviveram a calamidade de Daxam e foi atrás do filho, depois de que um Dominador contou o seu destino.

Rhea (Teri Hatcher) é mais pulso firme com o fato do filho estar envolvido com uma garota de Krypton, mas quer o filho liderando a reconstrução de Daxam e isso deve dar pano para a manga, já que seu pai, Lar Gand (Kevin Sorbo), resolveu deixá-lo mais livre.

E com ele retornando para conversar com Kara eles rompem o relacionamento e pouco tempo depois são abordados por Music Meister (Criss) e Kara entra em coma… A ida para a Terra-1 foi proposital e a pista deixada por Meister foi boa “vou atrás do homem vivo mais veloz“…

A partir deste ponto temos a ligação com The Flash, e já na chegada Barry também é preso no coma por Music Meister. Fora do coma Wally, J’onn J’onzz e Cisco enfrentam o Music Meister, e isso foi importante para fazer Wally acordar de seu susto e voltar a se aceitar como Kid Flash e deixar o trauma de lado. O mais legal é que Music Meister sabe de tudo o que está acontecendo, mostrando-se conhecedor dos acontecimentos de todas as Terras…

Agora, no coma a coisa realmente foi legal. Barry e Kara tiveram que adentrar em um musical barato e fazer um solo com uma música inédita, mas essa não era sua missão principal, mas sim evitar que duas famílias rivais se matassem por conta do amor de seus filhos.

Neste ponto que o musical ficou legal, pois os atores que interpretam Malcolm, Martin, Joe, Cisco e Winn entraram de cabeça na cantoria e na verdade eram personagens no coma de Barry e Kara. Ver Gustin, Benoist e Kriss cantando não me era novidade, nem mesmo Jeremy Jordan (Smash) ou Jesse L Martin que já soltou a voz na série, agora, ver Carlos Valdes e John Barrowman, foi SENSACIONAL!!! Além disso, as canções foram ótimas…

No fim a trama serviu para que Barry e Kara compreendessem os sentimentos por Iris e Mon-El e assim resolverem as pendências do coração. Restaurar o amor era o principal intuito de Music Meister, que acaba indo embora.

Da parte de Supergirl, serviu para que Kara voltasse feliz para os braços de Mon-El e aceitasse seu passado, mas pensando no futuro, enquanto The Flash fez Barry cantar uma linda canção para iris e pedi-la novamente em casamento… E Wally voltar a acreditar em si.

Resumindo: foi um episódio gostoso de se assistir, é sempre bom ver estes personagens juntos, mas no quesito trama, pelo menos na parte de The Flash, as coisas ficaram na mesma, deixando para volta ao assunto Savitar no próximo episódio… E nada como ver a cara de Cisco e os outros da Terra-1 ao ver o Caçador Marciano.

Fico por aqui, comentem e to be continued