Samurai Shirô, de Danilo Beyruth, chega as livrarias pela DarkSide Books

A DarkSide Books irá lançar mais um título nacional em seu selo DarkSide Graphic Novel e a obra é Samurai Shirô, de Danilo Beyruth.

Samurai Shirô conta a história de lutas sangrentas pelo poder, honra familiar e do reencontro violento com o passado, vivido no agora por samurais modernos e a yakuza (a máfia japonesa), que usa de cenário o bairro da Liberdade, na cidade de São Paulo. Akemi é uma jovem descendente de japoneses que vê surgir em seu caminho um estranho homem sem memória, com uma katana (tipo de espada japonesa), e passa a ser perseguida pelos yakuzas. Ela vai precisar enfrentá-los, assim como seu próprio passado, para sobreviver.

A narrativa de Samurai Shirô, em ritmo veloz, é repleta de ação e dialoga com a intensidade e diversidade da principal metrópole do país, para onde migraram milhares de orientais, e considerada a maior comunidade japonesa do mundo fora do Japão. A arte em preto e branco de Danilo Beyruth dialoga com o universo imagético dos filmes de samurai de Akira Kurosawa, como Yojimbo, o Guarda-Costas e Sete Samurais, além dos mangás, como Lobo Solitário. Sem perder sua característica, o traço dinâmico de Beyruth se desafia a contar uma história de luta pelo poder e pela honra dentro da tradição de histórias de ação japonesas, lidando com suas marcas e símbolos como um verdadeiro sensei.

Beyruth é um quadrinista bastante premiado pelos seus trabalhos e um nome consolidado nos quadrinhos brasileiros. Desenha para a Marvel Comics e já colaborou com os Guardiões da Galáxia, Ghost Rider e Cable, entre outros. É o criador de Bando de Dois e Necronauta, reformulou o personagem Astronauta de Mauricio de Sousa em uma série de graphic novels e tem trabalhos publicados nos Estados Unidos, Europa e Argentina. Em 2018, Danilo viu seus personagens e conceitos ganharem vida no filme Motorrad, dirigido por Vicente Amorim. E os darksiders colecionadores tiveram contato com ele com as ilustrações horripilantes da reedição de A Noite dos Mortos-Vivos, de John A. Russo, em que Danilo dá um tiro certeiro na cabeça dos zumbis famintos, tiro que atravessa todo o miolo do livro.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.