Próxima edição do Cine Birita terá dois filmes LGBTQ+

A próxima edição do Cine Birita acontece no sábado 17, no bar Metropol (Rua Bento Freitas, 290 – República – São Paulo/SP). Nesta sessão, serão exibidos filmes que falam sobre o amor e as diferentes formas de relações humanas, incluindo dois curtas de temática LGBTQ+.

O primeiro é o Fundo do Poço, dirigido por Felipe Falanga. Nele, um casal gay em crise de relacionamento pode tomar atitudes desesperadas em dúvida sobre o que pode ter sido um mal-entendido.

Guiana Francesa, de Olavo Junior e Edmilson Filho, conta as desventuras de uma funcionária de um cabaré em Fortaleza que sonha em mudar de vida na França, até que uma mulher misteriosa promete mudar o seu destino.

Além destes, também estão na programação:

Ciclos (dir. Juliana Gomes e Luiz Roberto Penereiro): Inspirado por “Talking Heads” de Krzysztof Kieslowski, o curta-documentário Ciclos segue seus moldes para falar sobre identidade ao longo dos anos e de medos através das gerações.

E.B. – Bebê Borboleta (dir. Monique Lima): Documentário que fala sobre a felicidade do Lipe, uma criança que tem Epidermólise Bolhosa, que mesmo com toda dificuldade supera tudo e vive uma vida feliz.

O Metropol abre às 20h, e os filmes começarão a ser exibidos às 20h30. A entrada é gratuita.

Sobre a mostra

O Cine Birita é uma mostra de cinema independente que realiza sessões em diferentes bares de São Paulo. O evento teve seu lançamento em setembro de 2018 e está em sua 14ª edição.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.