Palpites e apostas para o Oscar 2018!

A maior premiação do cinema está chegando e claro separamos nossos palpites e apostas para o Oscar 2018! A disputa parece estar certa em algumas categorias como Melhor Atriz e Melhor Roteiro mas bastante imprevisível em outras como Melhor Ator e Melhor Filme. Mas quem será que se leva para a casa a estátua dourada?

A cerimônia do Oscar terá apresentação de Jimmy Kimmel, e acontecerá no dia 4 de março, com transmissão pela ABC. Aqui no Brasil a transmissão ficará por conta da TNT então confira nossos palpites e apostas aqui:

Melhor Fotografia

  • Blade Runner 2049
  • O Destino de Uma Nação 
  • Dunkirk
  • Mudbound: Lágrimas sobre o Mississippi
  • A Forma da Água

Nosso palpite: A Forma da Água

Sem dúvidas Dunkirk e Blade Runner 2049 são ótimos concorrentes mas A Forma da Água acaba criando um dos filmes com uma das mais bonitas fotografias de 2017.

A fotografia do filme toda voltada para o verde, conta uma também toda uma história e junto com as tonalidades utilizadas para criar a atmosfera escura do filme fazem toda a diferença e a A Forma da Água acerta em trabalhar com os tons de verde sem ficar muito chamativo. A inclusão do vermelho quando a personagem Elisa muda de comportamento também é bastante acertada que faz desses pequenos detalhes um agrado visual bastante marcante.

Melhor Figurino

  • Jacqueline Durran, por A Bela e a Fera
  • Jacqueline Durran, por O Destino de Uma Nação 
  • Mark Bridges, por Trama Fantasma
  • Luis Sequeira, por A Forma da Água
  • Consolata Boyle, por Victoria & Abdul

Nosso palpite: Trama Fantasma

Mesmo com Jacqueline Durran tendo uma dupla indicação apostamos em Mark Bridges nessa categoria pois todo o trabalho de concepção dos figurinos de Trama Fantasma são fantásticos.

Desde do visual dos próprios personagens que ajudam a moldar suas personalidades até os figurinos utilizados no ateliê do personagem estilista de Daniel Day-Lewis são bastante caprichados e mostram uma qualidade e preocupação sem tamanha.

Melhor Edição

  • Em Ritmo de Fuga
  • Dunkirk
  • Eu, Tonya
  • A Forma da Água
  • Três Anúncios Para Um Crime

Nosso palpite: Em Ritmo de Fuga

Com três filmes se destacando nessa categoria, Em Ritmo de Fuga, Dunkirk e Eu, Tonya, o vencedor deve ficar entre um dos três mas claro que Em Ritmo de Fuga fez um trabalho fantástico de edição para melhor contar a história do motorista Baby e sua jornada contra os mafiosos embalada com muita música e uma trilha sonora maravilha que deixa o filme ágil, com um ritmo único e muito bem editado.

Melhor Cabelo e Maquiagem

  • O Destino de Uma Nação
  • Victoria & Abdul – O Confidente da Rainha
  • Extraordinário 

Nosso palpite: O Destino de Uma Nação

Talvez O Destino de Uma Nação acabe sendo o vencedor pelo fato de representar bem a época que o filme se passa com destaque para a caracterização fantástica de Gary Oldman como o Primeiro Ministro Churchill. 

Melhor Trilha Sonora Original

  • Carter Burwell, por Três Anúncios Para um Crime
  • Alexandre Desplat, por A Forma da Água
  • Johnny Greenwood, por Trama Fantasma
  • John Williams, por Star Wars: Os Últimos Jedi
  • Hans Zimmer, por Dunkirk

Nosso palpite: A Forma Da Água

A Forma da Água talvez tenha uma das melhores combinações entre suas músicas onde a trilha sonora ajuda além de contar a história do filme também embala momentos chaves do longa que acentuam as passagens de suspense com a parte do romance.

Melhor Design de Produção

  • A Bela e a Fera
  • Blade Runner 2049
  • O Destino de uma Nação
  • Dunkirk
  • A Forma da Água

Nosso palpite: A Forma da Água

A Forma da Água é o nosso palpite e favorito pelo fato que tudo no filme se casa muito bem, os figurinos com os cenários, os jogos de sombra e luz e tudo isso é bem harmonioso sempre puxando para o verde água e que deixa o filme com um charme maior.

Melhor Curta de Animação

  • Dear Basketball
  • Garden Party
  • Lou
  • Negative Space
  • Revolting Rhymes

Nossa aposta: Lou

Melhor Curta

  • DeKalb Elementary
  • The Eleven O’Clock
  • My Nephew Emmett
  • The Silent Child
  • Watu Wote/All of Us

Nossa aposta: The Eleven O’Clock

Melhor Edição de Som

  • Em Ritmo de Fuga
  • Blade Runner 2049
  • Dunkirk
  • A Forma da Água
  • Star Wars: Os Últimos Jedi

Nossa aposta: Dunkirk

Talvez o grande mérito de Dunkirk seja ser um filme que trabalha muito bem o som e os efeitos dele que faz parte totalmente da trama do filme. Os efeitos sonoros estão bem sincronizados e a sonoplastia para a criação dos barulhos de guerra são um dos grandes destaques da produção.

Melhor Mixagem de Som

  • Em Ritmo de Fuga
  • Blade Runner 2049
  • Dunkirk
  • A Forma da Água
  • Star Wars: Os Último Jedi

Nossa aposta: Dunkirk

Dunkirk é um grande acerto em ter termos de trabalhar o som tanto os criados pelos editores quanto aqueles gravados em estúdio. E os efeitos são casados de um forma super equilibrada para dar um poder para a história de uma forma bem bacana.

Melhor Efeitos Especiais

  • Blade Runner 2049
  • Guardiões da Galáxia Vol. 2
  • Kong: O Reino da Caveira
  • Star Wars: Os Últimos Jedi
  • Planeta dos Macacos

Nosso palpite: Blade Runner 2049

Os efeitos visuais de Blade Runner 2049 são muito bem produzidos e prezaram por uma preocupação com os detalhes de uma forma bem bacana.

Com um visual futurista e cores neon o filme é um grande acerto de termos de efeitos ao misturar carros voadores com robôs e deixam as imagens criadas por computadores ficarem fluidas e que se misturam bem com as cenas.

Melhor Ator

  • Timothée Chalamet, por Me Chame Pelo Seu Nome
  • Daniel Kaluuya, por Corra!
  • Gary Oldman, por O Destino de Uma Nação
  • Denzel Washington, por Roman J. Israel, Esq.
  • Daniel Day-Lewis, por Trama Fantasma

Nosso palpite: Daniel Day-Lewis, por Trama Fantasma

Mesmo com Gary Oldman, vencendo todos os outros prêmios por sua atuação em O Destino de Uma Nação, talvez a Academia seja um pouco mais conservadora e dê o prêmio para Day-Lewis que também está ótimo pelo fato de ser o último papel de sua carreira.

Melhor Ator Coadjuvante

  • Willem Dafoe, por Projeto Flórida
  • Richard Jenkins, por A Forma da Água
  • Christopher Plummer, por Todo o Dinheiro do Mundo
  • Sam Rockwell, por Três Anúncios Para um Crime
  • Woody Harrelson, por Três Anúncios Para um Crime

Nosso palpite: Sam Rockwell, por Três Anúncios Para um Crime

Essa é uma categoria daquelas “foi indicado, merece ganhar” e com Três Anúncios Para um Crime com dupla indicação vemos que a disputa continua forte com outros indicados correndo por fora.

Willem Dafoe, por Projeto Flórida era quase certeza antes da temporada de premiação mas a disputa ficou mais acirrada com a entrada de Christopher Plummer, por Todo o Dinheiro do Mundo e com Sam Rockwell vencendo quase todos os prêmios que foi indicado. 

Melhor Atriz

  • Sally Hawkins, por A Forma da Água
  • Frances McDormand, por Três Anúncios Para um Crime
  • Meryl Streep, por The Post – A Guerra Secreta
  • Margot Robbie, por Eu, Tonya
  • Saoirse Ronan, por Lady Bird – É Hora de Voar

Nosso palpite: Frances McDormand, por Três Anúncios Para um Crime

Uma categoria daqueles que poderia premiar todas as indicadas que estão ótimas. Sally Hawkins e Margot Robbie fazem atuações impactantes e estão realmente excelentes. Mas no final Frances McDormand se entrega de corpo e alma para viver sua personagem e faz um show de atuação sem tamanhas.

Melhor Atriz Coadjuvante

  • Mary J. Blige, por Mudbound: Lágrimas sobre o Mississippi
  • Leslie Manville, por Trama Fantasma
  • Alison Janney, por Eu, Tonya
  • Laurie Metcalf, por Lady Bird – É Hora de Voar
  • Octavia Spencer, por A Forma da Água

Nossa aposta: Alison Janney, por Eu, Tonya

Alison Janney rouba todas as cenas como a mãe desbocada em Eu, Tonya e ganhou quase todos os prêmios que foi indicada. A competição vem forte também com a dupla formada por Laurie Metcalf e Octavia Spencer. 

Melhor Animação

  • O Poderoso Chefinho
  • The Breadwinner
  • Viva – A Vida é uma Festa
  • O Touro Ferdinando
  • Com Amor, Van Gogh

Nossa aposta: Viva – A Vida é Uma Festa

Melhor Diretor

  • Guillermo del Toro, por A Forma da Água
  • Christopher Nolan, por Dunkirk
  • Paul Thomas Anderson, por Trama Fantasma
  • Greta Gerwig, por Lady Bird – É Hora de Voar
  • Jordan Peele, por Corra!

Nossa aposta: Guillermo del Toro, por A Forma da Água

Del Toro levou o prêmio no sindicado dos Diretores e vem de uma trajetória de vitórias com A Forma da Água desde que o filme estreou em Cannes no ano passado, talvez pelo fato de apoiar na diversidade e na empatia o diretor leve o Oscar numa das categorias mais disputadas desse ano.

Melhor Documentário

  • Abacus: Small Enough to Jail
  • Faces Places
  • Icarus
  • Last Men in Aleppo
  • Strong Island

Nossa aposta: Faces Places

Melhor Documentário Curta-Metragem

  • Edith & Eddie
  • Heaven is a Traffic Jam
  • Heroin(e)
  • Knifeskills
  • Traffic Stop

Nossa aposta: Edith & Eddie

Melhor Filme Estrangeiro

  • A Fantastic Woman
  • The Insult
  • Loveless
  • Body and Soul
  • The Square

Nossa aposta: The Square

Melhor Canção Original

  • “Mistery of Love”, de Me Chame pelo Seu Nome
  • “Stand Up From Somehting, de Marshal
  • “Mighty River”, de Mudbound: Lágrimas sobre o Mississippi
  • “Remember Me”, de Viva – A Vida é uma Festa
  • “This is Me”, de O Rei do Show

Nossa aposta: This is Me, de O Rei do Show

Talvez This Is Me represente uma das músicas mais empolgantes e cativantes que fizeram parte de uma trilha sonora no ano passado. O fato de falar sobre a luta das minorias ajuda a ter um destaque maior e ser reconhecida pelos votantes.

Melhor Roteiro Original

  • Doentes de Amor – Emily V. Gordon & Kumail Nanjiani
  • Corra! – Jordan Peele
  • Três Anúncios para um Crime – Martin McDonagh
  • Lady Bird – É Hora de Voar – Greta Gerwig
  • A Forma da Água – Guilhermo Del Toro & Vanessa Taylor

Nossa aposta: corra!

Jordan Peele tem os méritos de criar uma história que não mede esforços para contar de uma forma diferente as questões raciais que estão presentes na nossa sociedade. Com um ar de humor peculiar o filme passa uma sensação de incomodo e sabe desenvolver sua história de uma forma bem interessante.

Melhor Roteiro Adaptado

  • Me Chame pelo seu Nome
  • O Artista do Desastre
  • Logan
  • A Grande Jogada 
  • Mudbound: Lágrimas sobre o Mississippi

Nosso palpite: Me Chame Pelo Seu Nome

Ao adaptar para a telona a história entre Ellio e Oliver do livro para o filme a equipe de roteiristas souberam manter a mesma delicadeza e sutileza vista no livro deixando o filme com ritmo envolvente e que caminha com os personagens pela história sem pressa e dá tempo para entendermos todos os motivos e significados das atitudes dos personagens.

Melhor Filme

  • Me Chame pelo seu Nome
  • Dunkirk
  • O Destino de Uma Nação
  • Corra!
  • The Post – A Guerra Secreta
  • Lady Bird – É Hora de Voar
  • A Forma da Água
  • Trama Fantasma
  • Três Anúncios Para um Crime

Nosso palpite: Três Anúncios para um crime

Num ano marcado pela administração Trump e pelos escândalos sexuais talvez Hollywood tenha ficado mais política e engajada do que nunca. Três Anúncios para um crime conta uma história que faz uma crítica social sobre como a sociedade vive nos dias de hoje cercada de intolerância e uma falta de empatia.

Ainda continuam na disputa também A Forma da Água, corra! e Dunkirk fazendo o Oscar 2018 um dos mais disputados de todos os anos.

A 90º premiação do Oscar irá ao ar no dia 4 de março pela ABC nos Estados Unidos. Aqui no Brasil a transmissão ao vivo acontece pela TNT, e você pode acompanhar nossos comentários no Twitter do @ArrobaNerd.

Miguel Morales

Sempre posso ser visto lá no Twitter falando sobre o que acontece na TV aberta, nas séries, no cinema e claro outras besteiras. Uso chapéu branco e grito It's Handled! Me segue lá: twitter.com/mpmorales