Marvel – Fugitivos | 2×06-07 – Bury Another / Last Rites

E chegando na metade de sua temporada, Marvel – Fugitivos (Runaways) toma uma decisão importante para o futuro da série e muda alguns status de relacionamentos dos personagens, e faz isso de forma muito interessante, dando até mais gás ao que tem por vir.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Alex começa a mostrar realmente sua inteligência, tomando decisões, criando momentos certeiros e até usando o próprio pai para tomar vantagem de algumas situações.

A invasão deles a igreja para evitar que Jonah use mais uma vida para se regenerar foi bem bacana, Karolina usou bem os poderes para distrair Frank e Leslie, enquanto Nico, Molly, Chase, Gert e Alex vão salvar Geoffrey, que havia sido sequestrado por Jonah para ser o seu sacrifício de poder. No caminho eles ainda veem Victor na câmara se regenerando, para no fim nos mostrar através de Leslie, que Jonah sabia que ele estava curado e preso poderia usar a inteligência dele a seu favor.

É com Geoffrey preso que Alex e os garotos descobrem que Jonah pretende ligar sua nave, o que pode destruir Califórnia, só que Karolina os convence de que podem antes tirar algumas pessoas que estão vivas lá dentro. O problema é que não dá para sabermos como todos irão reagir, ainda mais Nico sabendo que Jonah matou Amy.

A partir desta raiva, vemos todos tentarem fazer algo bom e não serem extremistas, mas Jonah interfere, liga a nave e ameaça a todos, até mesmo Karolina, que não quer ir com ele. É com a ameaça de Jonah ao ver que Victor, Dale e Stacey destruíram sua nave, que Nico corre com seu cajado e o enfia nas costas de Jonah, matando o homem, mas antes sai algo de seu corpo.

Acredito que isso seja a chance do alien entrar no corpo de alguma outra pessoa, uma espécie de simbionte, mas vamos acompanhando. Fica ainda a dúvida do que aconteceu com Xavin, que estava na nave.

Os dramas todos foram interessantes, como Karolina contando que estava em contato com Jonah para aprender sobre si, ou até mesmo Gert, que se passou por Chase para ir até o hospital para pegar medicamentos e o obrigou a falar com sua mãe.

Mentiras e problemas adolescentes, tudo e bem dosado com aventura e pequenos momentos de ação, que consegue nos satisfazer. Os adultos também tem ótimos momentos, como Catherine mostrando que faria tudo por sua família e batendo de frente com Geoffrey por conta disso, ou Janet finalmente assumindo as rédeas de sua vida.

Até mesmo Frank ganhou ainda mais destaque, ainda mais quando vê a igreja e sua família ameaçada pro Oscar, irmão de Destiny, e ele acaba atirando sem querer no garoto…

Marvel – Fugitivos (Runaways) ainda tem um caminho pela frente e vamos ver como essa temporada se encerra, já que este primeiro arco se encerrou muito bem. Agora é ver as consequências e as coisas novas que chegam na próxima metade da temporada.

Quero ver o destino de Julian McMahon na série agora…

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.