Marvel – Fugitivos | 2×02-03 – Radio On / Double Zeros

É bacana ver agora como Marvel – Fugitivos (Runaways) corre atrás de unificar o grupo e criar uma unidade ali, inclusive trazendo mais personagens para desenvolvê-los. Cada um tem o seu espaço e vai sendo bem conduzido, mas o foco ainda é Alex.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Alex se aproximou de Darius e com isso conseguiu o coração de Livvie. Ele acabou nessa jogada se afastando dos amigos, mas sempre levando dinheiro e fazendo o possível para todos ficarem bem. A questão é que quanto mais se aproxima de Livvie, Darius dá uma jogada e tira ele de seu convívio para trocar por facilidades com Geoffrey, o que acaba colocando sua vida na mira de Katherine, que não pensa duas vezes antes de tirá-la se isso pode salvar seu filho.

Quero ver como ficarão os momentos de Alex e Livvie, que vinha sendo interessante e ele estava feliz, chegando a se reaproximar de Nico, mas com eles livres, sem ameaça da polícia, já que jogaram a morte de Destiny em Darius, agora eles terão que fugir dos pais ainda mais. Fora que Livvie pode culpá-lo pela morte do cunhado.

Nico foi até Tina para conseguir o seu báculo, mas o que conseguiu foi se afastar ainda mais da mãe, que quase matou Molly na luta contra a filha e Karolina. Nico parece cada vez mais solitária, mas Karolina e Alex se aproximam bem da personagem, que aos poucos aprende que o báculo só executa uma ação por palavra, necessitando que ela comece a pensar em formas alternativas e sinônimos.

Karolina tem se encontrado com Jonah as escondidas, mas isso acaba deixando a personagem mais forte, já que ela aprende que o poder não vem dela, o poder é ela e ela pode e deve controlá-lo. Assim ela tem maior domínio sobre o corpo e sua luz.

Jonah corre contra o tempo e vê que Victor não irá ajudá-lo, então ele acaba colocando Janet em seu jogo. Frank e Leslie começam a planejar uma forma de se unir e como derrubar Jonah, mas ainda não confio no personagem. A questão é que Jonah pode enfraquecer muito se Janet não ajudá-lo e ela começa a se aproximar da mente de Victor com ajuda dele, e assim decifrar as escrituras de Jonah que conseguiu com Geoffrey.

A cena dela descobrindo a peça fundamental para desbloquear os códigos e alfabetos alien, foi bem bacana. Ela em meio aos planetas e podendo ver o sistema solar de Jonah deve trazer ainda mais questões nos próximos episódios, já que Stacey e Dale deixaram claro que o que está debaixo da cidade é algo vivo.

Chase e Gert tem tido momentos estranhos, mas não vai muito adiante. Gert tem ficado fora de si por conta de sua condição cerebral e por estar há tanto tempo sem remédios, e isso afeta até mesmo Alfazema.

Molly é quem realmente tem me surpreendido. Gosto da força que estão dando a personagem e colocá-la nas ruas como vigilante é algo que gostei, e isso acabou trazendo até eles uma nova ameaça: Topher. A prostituta que ela salvou do cafetão viu os olhos dela e comentou que “ela tem os olhos dele“, fica a dúvida se é sobre o Topher que ela falava, ou outra pessoa.

Gostei de ver Marvel – Fugitivos (Runaways) colocando eles para treinar na sala do hostel e fazer deles uma equipe que precisam estar mais unidos para poderem se protegerem. Estes 2 episódios reforçaram a trama da série e mostra que eles estão indo adiante com seus personagens e trabalhando eles separados, não fazendo uma loucura em jogar todos eles de uma só vez. Cada um tem sua trama e fica bem desenhada no roteiro.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.