Marvel – Fugitivos | 1×09 – Doomsday

E finalmente a verdade veio à tona. Marvel – Fugitivos coloca pais e filhos uns contra os outros e deixa em aberto um confronto interessante para sua season finale. O mais legal e que o traidor veio com sede de poder e não era ninguém que esperávamos, mas ainda assim não sabemos quem foi que deu cabo de Amy.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Os meninos ainda buscam compreender quem foi atrás de Amy e chegam até a suspeitar de Robert, pai da garota, pois sabem que Tina não seria capaz de fazer isso. Voltando no passado vemos que foi Leslie quem incendiou o laboratório dos Hernandez, e Molly sobreviveu devido aos seus dons e também a uma estranha conexão com as pedras que eles estudavam. É interessante ver eles se conectando e buscando se conhecerem mais.

Jonah então chama a Orgulho para uma reunião e lá todos são surpreendidos pelas verdades jogadas na cara deles, a de que seus filhos sabem sobre tudo o que acontecem na organização e estão contra eles. Eu até acreditei que Leslie estivesse sabendo demais, mas a traição veio de Frank, que quer ainda mais poder e estava usando seu elo com Karolina para passar informações a Jonah.

O vídeo que os Hernandez deixaram para Molly explica que se ela o encontrou algo de ruim aconteceu com eles há 15 anos. Os detalhes são certeiros: Jonah que explorar algo no subsolo, mas se continuar a escavação, ou se quer chegar perto, a cidade inteira irá afundar por conta da instabilidade e o mar irá devorar o local. Os meninos então buscam uma forma de parar a escavação e então correm para o terreno de Geoffrey.

A questão é que Darius fica de olho em todos eles do lado de fora da obra, pois deseja há anos descobrir o que o amigo quer fazer ali que o obrigou a assumir um crime que não cometeu. Vai ser interessante vê-lo entrar no meio de tudo isso.

Por fim, eles conseguem destruir a escavadeira, mas ficam cara-a-cara com seus pais, que buscam uma forma de detê-los, mas eles se surpreendem ao ver que Molly tem superforça, Karolina um dom de luz, Chase tem as luvas, deixando Alex, Nico e Gert de lado, mesmo que a garota tem a sua conexão com Alfazema, que pode vir ajudá-la rapidamente.

Cara-a-cara com sua família, os Fugitivos pode em seu último episódio se tornar mais interessante, sair um pouco do drama familiar e ir mais para a ação, colocando os poderes em jogo, mesmo contra os pais. Deve ser interessante também vê-los ter uma situação que mude isso e os coloquem para protegê-los. Ansioso pela season finale…

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.