How to Get Away with Murder | 6×03 – Do You Think I’m a Bad Man?

E Michaela recupera o seu poder…

How to Get Away with Murder essa semana colocou a vida de Michaela nos eixos, mas trouxe problemas para Connor, que se enrosca com os dramas de Hector… Parece que nada será fácil neste último ano, e o pior, está arrastado.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Michaela liderou um caso e conseguiu fazer uma mulher sair melhor do que devia diante da juíza. O caso foi legal, falou sobre até onde as pessoas podem ir para sobreviver e o racismo, só que misturaram com Gabriel e Vivian, e a trama perdeu um pouco de seu efeito.

Vivian vendo Michaela defendendo a cliente, ligou toda a situação a morte de Sam, mas achei uma ligação bem fraca que ela fez, o que foi bem chato, só que Gabriel vendo o que a mãe está fazendo, assume para ela que matou Paul. Ela temendo pelo filho, decide largar sua ajuda ao FBI, e eles a ameaça, mas ela deixa claro que terá Annalise a defendendo se eles fizerem algo.

Connor levou Hector para ver sua mãe Marisol e criou problemas com a ICE, o que obriga Tegan a entrar no jogo e a pedir ajuda a sua esposa para liberar o advogado, e ainda deixar o garoto com a mãe. O problema é que se de um lado ela ajuda e se aproxima mais de Annalise, Nate se complica.

Com Bonnie longe da promotoria e com o FBI querendo ajudar no caso de Miller, Nate quer saber quem orquestrou a morte de seu pai, e a agência quer Tegan e Annalise, será que ele as entregará? Duvido.

E por fim tivemos Frank chegando bem perto de Laurel, mas sendo afastado pelos “familiares”. Ainda bem confuso com a trama que querem desenhar com Laurel, mas está ainda mais arrastado isso e já não nos prende.

Vamos ver o que How to Get Away with Murder nos mostra mais a frente…

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.