How to Get Away with Murder | 5×05 – It Was the Worst Day of My Life

How to Get Away with Murder chega ao seu 5º episódio e não conquista de forma alguma a sua audiência. É muito bom ver o desenvolvimento de Bonnie, e como estão explorando o seu lado dramático, mas fora isso, nada consegue nos segurar por muito tempo, principalmente o drama dos alunos. Michaela, Laurel, Connor, Asher, e até o “misterioso” Gabriel, é sem sal.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

A trama do episódio firou em torno do pai de Nate e o fato de Annalise ainda não ter ganho o julgamento. Então ela faz um levantamento da classe para darem ideias de onde possam estar errando. Ideias e ideias, mas nada que nos deixe intrigado, para no final uma ideia e Connor, dada a Gabriel, faça Annalise conseguir a absolvição dele.

Só que vencer o caso trouxe um grande problema para Annalise, a Governadora Birkhead (Laura Innes) está ainda mais em seu pé e quer conversar com a advogada e entender tudo o que se passa.

A maior das questões é que Nate escreveu uma carta sobre o pai e isso criou um problema entre eles, ainda mais com o homem preso por tantos anos e ter de ouvir da boca do próprio filho que aos 14 anos desejava que o pai ficasse preso para que ele e sua mãe tivesse pais. No final eles se resolvem.

Além de Oliver, agora Laurel sabe que Frank está investigando Gabriel. Quero ver o que sairá disso e o que Maddox está escondendo de todos ali.

Bonnie se jogou em sua tristeza por um tempo, mas depois de muita conversa se reergueu e foi atrás de quem ama. Amei a conversa dela com Miller, Liza Weil simplesmente arrasou em cena contando todos os seus problemas, de como ela e a irmã Julie além de abusadas pelo pai, ainda era “vendida” para outros homens, e como Bonnie engravidou e “perdeu” a criança, que agora acha que pode estar viva. Quero ver a reação de Julie ao ver a irmã em sua porta.

E voltando para os flashforwards, temos todos no desespero atrás de Oliver, mas a única nova informação que temos é que Asher estava se pegando com a mãe de Connor, e foram pegos pelo próprio… Sério? Momento avulso e sem graça…

How to Get Away with Murder precisa urgentemente mostrar a que veio e parar de se apoiar em reviravoltas sem sal e no talento de Viola Davis.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.