My Hero Academia #4 | Resenha

Sempre com sua trama dinâmica, My Hero Academia #4 conseguiu apresentar sua proposta, executar as provas iniciais de seus jogos e ainda evoluir personagens, poderes, nos envolver e entreter, tudo de forma bem divertida.

Kohei Horikoshi sabe posicionar seus personagens e o seu traço é gostoso de se ver. Separando bem o desenvolvimento de todos em “cena”, Horikoshi faz Midoriya ficar ainda mais forte perante as adversidades de seu dom, já que precisa maneirar demais para não se quebrar inteiro. Até a última página o vemos relutante, mas disposto a sempre ir além, se tornar um competidor e um substituto forte para All Might.

A segunda prova do festival é bem interessante por colocar os alunos para compararem seus poderes e montar um “cavalo de guerra” para “destruir” seus inimigos ao roubar suas faixas de pontuação. O legal é ver Iida, Bakugo, e outros que querem se provar tão fortes e potentes quanto eles.

Então temos a terceira prova que os coloca lutando fortemente para se superarem em um torneio de força, inteligência e poder. O mais bacana deste torneio em si são as motivações de seus personagens.

Todoroki foi “construído” geneticamente por seu pai, que queria ser superior a All Might e sabendo que sempre será o segundo, resolve criar um garoto com o dom perfeito. Para isso ele acabou fazendo a vida da mãe de Todorokiinfeliz, pois só queria seu dom. Foi bem duro ver o adolescente deixando claro que nunca usaria o dom de fogo que herdou de seu pai, e mostraria a todos que o dom de gelo da sua mãe o tornaria o melhor.

Da mesma forma temos Shinsou, que com o dom de paralisar o adversário, acaba precisando mostrar mais sagacidade, pois com algo tão forte, mas de difícil de exibir em um teste, acabou ficando em uma turma inferior. O torneio da UA seria o momento essencial para ele mostrar a que veio.

Os próximos volumes ainda deve mostrar o torneio e já quero ver mais dos personagens se enfrentando, mas principalmente suas motivações para sempre irem em frente. Queria mais momentos de Midoriya e Uraraka, além de ver todas as outros personagens em momentos diversos, como Fumikage e até Asui. O engraçado é que são tantos desfilando em cena que ainda é difícil lembrar o nome e os poderes de todos…

Assim, mais uma vez temos uma deliciosa edição, muito por sua história, mas que também mostra um trabalho interessante da JBC Editora na editoração do projeto para o público brasileiro. My Hero Academia vale muito a leitura!

FICHA TÉCNICA

Título: My Hero Academia #4
Título Original: Buko No Hiro Academia #4
Autor: Kohei Horikoshi
Editora: JBC
Ano: 2017
Gênero: Ação, Aventura
ISBN: 978-85-457-0276-4