Frequency | 1×06 – Deviation

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Um galho cortado sempre volta a crescer, com isso Frequency tenta mostrar que Raimy e Frank precisam destruir logo o tronco, antes que tudo piore… Por mais que este episódio tenha sido sem sal, trouxe mais conhecimento para os personagens e a necessidade de tomarem uma atitude mais forte contra o Nighingale.

Em 1996, Frank tenta o possível para se aproximar de Julie e evitar que ela seja a vítima de Nightingale, mas ele precisa primeiro recuperar a confiança dela, mesmo que o passado dele volte para lhe atormentar. Parece que um caso que teve enquanto esteve disfarçado será uma boa distração para aumentar o drama por ali.

A ligação de 2016 e 1996 fica por conta do caso de Amanda, que Raimy pede para ele evitar, ele até consegue, mas perde algo de sua carteira, e no assassinato dela em 2016 a foto de sua família é encontrada. Aí que entra o lance de cortar o tronco, pois o galho de Amanda voltou para ser destruído.

Trazer uma nova pessoa que diz conversar com o futuro é bem intrigante, ainda mais que traz novos conceitos para a vida de Raimy, mas entra o caso da pergunta se vale a pena cortar o tronco e os meios para isso. Karl (Curtis Armstrong, New Girl e Sobrenatural) sempre busca cortar o tronco e com isso foi preso e sempre vai piorando sua situação. Ele fiz conversar com seu eu do futuro, o que mandou ele matar um vizinho que mataria 6 crianças enquanto dirigia bêbado, e depois mata um detento que ele diz que fugiria por um túnel e mataria uma família.

Tudo isso é instigante para o caso de Raimy, mas ela fica cética, acreditando que ele usou o seu drama para chegar até ela e conseguir regalias. Não sabemos se ele diz ou não a verdade e ficamos presos nisso.

Da parte amorosa, Raimy consegue se conectar ao seu namorado da timeline paralela, Daniel, ao mesmo tempo que começa a demonstrar sentimentos por Kyle. Fica a dúvida de como ela irá agir, mas pelo jeito ela vai para cima de Daniel, sem saber que muita coisa poe ter mudado nessa timeline.

Estou curtindo Frequency, a trama se desenvolve bem, mas ainda assim fica o medo de uma cagada de Julie e toda a sua timeline ser modificada… Ao menos a série consegue se manter interessante e o elenco é muito bom.

Fico por aqui, comentem e to be continued