Disney/Fox devem adiar A Mulher Na Janela, com Amy Adams, para 2020; filme passará por regravações

Problemas com a adaptação de A Mulher Na Janela?

Segundo o site THR, a Disney e a Fox planejam adiar o filme estrelado por Amy Adams para 2020, enquanto lidam com alguns problemas que surgiram após o filme ser testado para o público em sessões fechadas.

A publicação afirma que o terceiro ato do suspense deixou algumas pessoas confusas, onde o filme, baseado no livro de mesmo nome, acompanha um mistério que cerca a personagem de Adams.

A Mulher Na Janela tinha previsão de estreia para Outubro agora, onde a Fox parecia contar com o filme para a temporada de premiações.

O THR afirma que o longa deve passar os regravações agora na metade do ano, mas que deverão esperar a agenda da protagonista ficar livre.

Baseado no livro escrito por A.J. Finn e lançado no Brasil esse ano pela editora Arqueiro, na trama conhecemos Anna Fox (Adams) um moça que mora sozinha em uma casa que um dia abrigou sua família feliz. Separada do marido e da filha e sofrendo de uma fobia que a mantém reclusa, ela passa os dias bebendo vinho, assistindo filmes antigos, conversando com estranhos na internet e… espionando os vizinhos.

Quando uma nova família, os Russells, se mudam para a casa do outro lado do parque, Anna fica obcecada por aquela família perfeita. Até que certa noite, bisbilhotando através de sua câmera, ela vê algo que muda sua vida para sempre.

Mas será que aquilo aconteceu mesmo? Ou foi fruto de sua imaginação?

O filme terá direção de Joe Wright e o roteiro, baseado no livro, foi escrito por Tracy Letts. 

No elenco temos os atores Julianne Moore Gary Oldman.

A Mulher Na Janela não tem data prevista de estreia, ficando para 2020.

[Atualização] O filme será lançado agora em 15 de Maio de 2020. A Disney confirmou a informação para o THR.

Miguel Morales

Sempre posso ser visto lá no Twitter falando sobre o que acontece na TV aberta, nas séries, no cinema e claro outras besteiras. Uso chapéu branco e grito It's Handled! Me segue lá: twitter.com/mpmorales