A Million Little Things | 2×04 – The Perfect Storm

Gostei de ver que A Million Little Things foi rápida em concluir algumas tramas e suas consequências tendem a criar novas situações para outros personagens, mas é a forma que alguns personagens reagem que não me anima muito.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Toda a forma como colocam Gary como protetor de todos acaba sobrecarregando o personagem, que as vezes não cuida de si, mas espero mesmo que foquem na trama de sua mãe, já que até com Kath ele conversou, pois deixou claro a ela que só por ela não ter abandonado Theo ao se ver em problemas, ela já é uma grande mulher.

Kath precisou levar um bom sacode de seu amigo Carter para entender que como ela, uma advogada tão feroz, não consegue focar em seus próprios problemas e tomar as rédeas da situação. Ela fica muito abalada ao ver Charlie e Eddie, mas sabe que precisará superar isso se quiser continuar ao lado do marido. Acho que sua escolha em aceitar isso e tentar mais uma vez, pode render complicações para a mentira de Delilah para Sophia e Dani.

Regina ficou com medo de ao se livrar de Andrew, seu restaurante fosse fechar. A questão é que seu medo ela não compartilha, pois o restaurante é dela e de Delilah. Assim, em um blecaute, as duas finalmente se entendem e abrem o restaurante na chuva e blecaute para abrigar o pessoal e acaba criando um novo evento familiar.

Já Maggie vê Patricia levando Eric a sua casa e ali percebe que a mãe não é amante do rapaz, mas sim se apegou a ele, já que ele tem o coração de seu irmão. Acontece que ela doou os órgãos do filho após sua morte, coisa que Maggie não sabia, pois ela não contou que seu irmão teve morte cerebral, e ainda com os órgãos intactos.

Maggie ficou bem irritada com a mãe pelas mentiras e ao entender que as vezes que sua mãe foi vê-la, incluindo quando estava em cirurgia, ela só estava lá por Eric… Maggie está despedaçada e não quer mais relação com sua mãe, só que ela se aproximou de Eric, e trocando mensagens, temos Gary com ciúmes.

A Million Little Things está bem gostosa de se acompanhar, e espero que continue evoluindo.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.