Destaques Reviews Séries & TV 

Sex Education | Crítica 3ª Temporada: Temporada encerra com momento agridoce sua bela jornada de amadurecimento

E temos em mãos a 3ª temporada de Sex Education! Confesso que fiquei com uma sensação bem incômoda ao terminar a série, querendo ainda mais destes personagens, pois algumas coisas ficaram em aberto, mas ao mesmo tempo, sabemos que há coisas que não precisam de uma conclusão “desenhada”… Espero que a Netflix retorne a série e conte mais sobre Otis, Maeve, Eric e todos esses amigos que criamos.

A temporada foi bem consistente ao falar sobre pluralidade e a dificuldade em querer represar o indivíduo para uniformizar o ensinamento com medo do que pode sair do controle, ao invés de conversar e extrapolar um pouco o ambiente acadêmico. A chegada de Hope (Jemima Kirke) seria uma esperança para os alunos, que de cara amaram a diretora jovem, descolada e do batom bonito, mas no decorrer da temporada, é interessante como essa esperança vai sendo sufocada e definida como a padronização das coisas… Filas, segregação por gênero, remoção de cores de cabelos, maquiagens e adornos… Hope foi um banho de água fria que eles demoraram a encarar…

As linhas são só o começo“, como bem diz Rahim.

As vidas de Maeve (Emma Mackey) e Otis (Asa Butterfield) passaram por turbulências desde a separação dos dois e a forma como lidaram com o fim da clínica e eles precisaram crescer muito nestes episódios. Ambos um pouco egoístas com os sentimentos dos outros, mas buscando fazer o que for possível ao mesmo tempo. Sex Education focou bem no sexo, mas com os dois vimos os sentimentos sendo transbordados, mesmo que afogasse ambos em alguns momentos. A conclusão é que ambos precisam estar juntos e amigos, e é isso que fazem seguir em frente e terem suas vidas, mesmo após as adversidades…

Eu gostei muito do desenvolvimento de Eric (Ncuti Gatwa) e Adam (Connor Swindells). Ambos estão conhecendo o mundo e se conhecendo, e juntos acabam mais brigando por falta de comunicação do que curtindo a presença um do outro. Adam está se soltando, encontrando o que ama e precisando dessa pessoa acolhedora para ter paciência com ele, enquanto Eric quer o mundo, e conhecer sua família na Nigéria a também Oba com um mundo e cores bem desenhados, o fez ver que precisa voar. O romance dos dois foi bem divertido na temporada, mas mostrou a necessidade desse voo.

Da mesma forma tivemos a incrível jornada de Jean (Gillian Anderson) e sua gravidez tardia e como a série soube falar disso e ainda apontar sobre a questão dela ter uma vida sexual mais livre e como isso incomoda. Jakob (Mikael Persbrandt) também teve um amadurecimento necessário para se entender e querer estar ao lado do bebê e se quer participar de sua criação. Nessa jornada dos pais, Maureen (Samantha Spiro) e Michael (Alistair Petrie), também tem várias questões exploradas, como ela se conhecendo, aproveitando a vida, e Michael vendo que precisa concertar as coisas internas, como sua relação com Adam, que ele acaba ainda deixando de lado. Michael tem bons momentos cômicos explorados e sua crescente sobre seu auto conhecimento é ótimo.

Aimee (Aimee Lou Wood) e sua jornada para reencontrar o corpo após o assédio é ótima, principalmente por ela precisar compreender onde se encaixa, indo além do sorriso e de suas falas sobre para se manter bem e não atrapalhar os próximos. Ola (Patricia Allison) e Lily (Tanya Reynolds) também crescem bem, ambas se apoiam, mesmo com tantas divergências, como Lily ser tão fantasiosa e Ola mais pé no chão e querendo proteger o mental da namorada, e em determinado isso é muito importante, com Otis tendo papel também para que não aconteça algo pior.

Todos os personagens foram explorados com boas tramas, como Jackson e Viv que discutiram sobre posicionamento diante das ordens de Hope, a relação de Ruby com Otis e ela tendo um destaque além dos Intocáveis, onde Anwar e Olivia com pequenas tramas. Fato é que todos tem importâncias em suas narrativas, e principalmente na evolução de Sex Education.

No fim das contas Maeve e Otis podem não terminar juntos em Sex Education, mas ambos sabem que poderão contar um com o outro para entender a vida

Avaliação: 4 de 5.

Sex Education tem suas 3 temporadas disponível na Netflix.

DISPONÍVEL NO(S) SEGUINTE(S) STREAMING(S):