Loucas em Apuros | Crítica: Comediantes garantem show de risadas

Resumo: Comediantes garantem show de risadas em road trip movie Loucas em Apuros.

0
284

A premissa de Loucas em Apuros (Joy Ride, 2023) pode não ser a das mais originais, mas definitivamente sabe fazer uma das mais engraçadas. E isso tudo se dá pelo grupo de comediantes reunidas aqui, pela direção de Adele Lim (em sua estreia na direção depois de trabalhar no longa Podres de Ricos, um dos marcos do cinema na última década) e também pelo roteiro da dupla Cherry Chevapravatdumrong & Teresa Hsiao.

Já vimos essa história de “um grupo de amigas que se reúnem e vivem um monte de confusões juntas” antes, onde lá em 2011, Missão Madrinha de Casamento foi uma das poucas comédias indicadas ao Oscar, e mostrou que existe demanda para esse tipo de história ser contada nos cinemas. Anos depois tivemos outros dois filmes também marcantes, extremamente populares e que falam sobre o mesmo tema, como A Viagem das Garotas e A Noite É Delas, ambos de 2017, e ambos que, curiosamente, não tiveram um lançamento nos cinemas nacionais.

Stephanie Hsu, Sabrina Wu, Ashley Park e Sherry Cola em cena de Loucas em Apuros.
Foto: Photo Credit: Ed Araquel/Lionsgate/Paris Filmes.

Então, agora em 2023, só de termos Loucas Em Apuros, nos cinemas é uma vitória, afinal, vermos um estúdio apostar nesse tipo de história, só mostra a evolução que tivemos de lá para cá. E isso também mostra, depois de tantos anos, que Loucas Em Apuros realmente chega e ressignifica esse tipo de comédia, aqui ao focar em um grupo de amigas asiáticas que tem finalmente suas histórias contadas, representadas por atrizes com descendência asiática, e que entregam uma trama para lá de única em sua proposta, mas com um apelo universal.

E é isso que faz de Loucas Em Apuros ser uma garantia de um show de risadas do começo ao fim. Extremamente non-sense, e dentro do padrão de doideiras que vemos em produções besteirol, e até mesmo em filmes para o público masculino, Loucas Em Apuros nos garante uma viagem agradável, hilária e com uma mensagem muito interessante no meio disso tudo. 

E como falamos tudo isso se dá pelo texto sim, mas também pelo tom bem humorado que essas protagonistas nos entregam e que fogem do estereotipado não só para elas como atrizes, mas também, para esses tipos de personagens que somos apresentados aqui.

E como falamos tudo isso se dá pelo texto sim, mas também pelo tom bem humorado que essas protagonistas nos entregam e que fogem do estereotipado não só para elas como atrizes, mas também, para esses tipos de personagens que somos apresentados aqui. Desde da certinha e metódica, a advogada Audrey (Ashley Park, finalmente a noiva depois de ano como a madrinha), para a mais enérgica artista Lolo (Sherry Cola, em um dos melhores papéis de sua carreira), até mesmo para a excêntrica Deadeye (Sabrina Wu) e a atriz de novelas chinesas e que precisa passar um ar de boa moça, Kat (a indicada ao Oscar, Stephanie Hsu), todas essas mulheres embarcam nessa viagem pela China para tentar encontrar a mãe biológica de Audrey, mas saem mudadas e veem suas vidas mudadas durante essa jornada.

Loucas em Apuros pega a cartilha clássica dos road trip movie, onde a jornada final, não é o ponto principal e o foco da história, e sim, o quanto essas mulheres vão ver suas vidas mudarem ao longo desses dias.

Assim, Loucas Em Apuros faz desse passeio, um para darmos gargalhadas, juntos, nas salas de cinema, ao curtimos as peripécias com essas personagens. Para rirmos das situações malucas e inesperadas que elas passam, e ainda entregar um filme que transmite uma mensagem fofa sobre encontrar seu lugar no mundo e a questão de família fora do padrão tradicional e que o filme lida de uma forma bem interessante no meio do caos.

Seja nas diversas piadas de cunho sexual, na viagem de trem que acaba com um encontro com uma traficante de drogas, na tentativa de embarcar em viagem (já sem os passaportes!) como astros de k-pop, ou ainda o picante encontro em um hotel com um time de basquete e que acaba com todas elas se dando bem, tudo em Loucas em Apuros deixa o elenco ser aproveitado ao máximo.

Stephanie Hsu, Sabrina Wu, Ashley Park e Sherry Cola em cena de Loucas em Apuros.
Foto: Photo Credit: Ed Araquel/Lionsgate/Paris Filmes.

Park realmente está no papel de destaque que sempre mereceu e faz uma personagem divertida mas complexa, extremamente relacionável, e cheia de dúvidas e perguntas. Cola rouba todas as atenções aqui como a jovem Lolo que também está em busca de se encontrar como amiga, mulher e profissional. Hsu mostra mais uma vez uma versatilidade sem tamanho e Wu promete que vai ainda muito longe em Hollywood.

Elas fazem uma combinação incrivelmente boa de se assistir e que fazem Loucas Em Apuros dar muito certo. Já Ronny Chieng (de Podres de Ricos) como o líder da empresa que a personagem de Park precisa convencer para fechar um acordo (e o motivo principal da viagem dessas garotas), e Timothy Simons (da série VEEP) como o chefe de Ashley, o homem branco, heterosessual e “aliado”estão realmente muito bem, e ajudam o afiado,  ferroz e sem medo de colocar o dedo na ferida de Chevapravatdumrong e Hsiao a realmente fazerem um contraponto interessante sobre essa história e o que representam algumas coisas para esse tipo de filme contado para e por esse tipo de mulheres.

No final, Loucas em Apuros faz uma combinação hilária e estridente sobre um grupo de mulheres que apenas precisam descobrir como serem as melhores versões de si mesmas e vão descobrir isso de uma forma extremamente empolgante de se assistir num filme que te faz sair da sessão com um sorriso no rosto. Definitivamente, umas das comédias mais bacanas do ano e para estar no seu radar.

Avaliação: 3.5 de 5.

Onde asistir Loucas Em Apuros?

Loucas Em Apuros chega nos cinemas nacionais em 3 de agosto.

Try Apple TV

Deixe uma resposta