Críticas Filmes Mostra SP 

43ª Mostra SP | A Odisseia dos Tontos – Resenha

Representante argentino para o Oscar 2020. O filme é baseado no livro La Noche de la Usina, do escritor Eduardo Sacheri.

Sinopse:

Na Argentina de 2001, uma turma de amigos decide juntar dinheiro para reabrir uma cooperativa agrícola e aquecer os negócios da pequena cidade onde vivem. Mas, assim que fazem o investimento, a economia argentina entra em colapso e eles descobrem que sofreram um golpe do advogado e do gerente do banco. O grupo, então, decide montar um plano para recuperar o dinheiro.

O que achamos:

Uma divertida história de assalto, onde temos uma reunião de personagens completamente diferentes entre si na busca de um objetivo comum: pegar de volta aquilo que lhe pertencem. 

Numa época onde os filmes de super-heróis estão sendo colocados em cheque, A Odisseia dos Tontos cria uma liga de super heróis comuns num combate contra um inimigo mais real e perigoso, o governo e suas políticas. 

O longa se passa numa época extremamente peculiar da história da Argentina, o chamado corralito onde as poupanças e retirada de depósitos de contas correntes foram limitadas pelo governo, o que acabou por falir muita gente.

Como uma boa comédia de erro, A Odisseia dos Tontos cria personagens completamente relacionáveis para contar sua história, onde o roteiro de Sebastián Borensztein e Eduardo Sacheri mostra essas figuras que se juntam numa tentativa de tentar recuperar o dinheiro que perderam. Assim, vemos esses moradores de uma cidade no interior argentino nos garantem boas risadas, entre alguns momentos um pouco mais dramáticos.

A Odisseia dos Tontos faz um típico filme de sessão da tarde, com a presença marcante de Ricardo Darin que atua ao lado de seu filme Chico pela primeira vez. Como os dois nomes mais chamativos do elenco, A Odisseia dos Tontos é marcado por sequências que ajudam a contar essa verdadeira jornada de um grupo de amigos, assim, vemos os conflitos se desenrolam de uma forma até que simples para a proposta que o longa se propõe em contar. 

No final, A Odisseia dos Tontos se mostra um filme interessante na medida que mostra seus personagens lutando para fazer aquilo que acham ser o certo, e tentar sobreviverem no meio do caos instalado. Uma comédia descontraída sobre o caos.

[yasr_overall_rating null size=”–“]

A Odisseia dos Tontos chega em 31 de outubro nos cinemas.

Filme visto na 43ª Mostra Internacional de São Paulo

Postagens relacionadas