Supergirl | 2×03 – Welcome to Earth

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Em um episódio de boas vindas aos aliens, Supergirl nos apresenta 2 novatos dispostos a mudar as coisas, enquanto traz Maggie Sawyer para dentro da trama de nossa querida Kara Zor-El, mas para interagir com Alex Danvers, e olha, estrelinhas para essa nova amizade.

PRÓ-ALIEN

Logo o início descobrimos que a presidente dos Estados Unidos, Olivia Marsdin, fará uma passagem por National City e ela é ninguém menos que Lynda Carter, a icônica e maravilhosa Mulher Maravilha dos anos 70. A presença de Marsdin mexe com os aliens escondidos em National City e afeta principalmente Scorcher, que resolve agir contra a regulação dos aliens.

Lena Luthor também entra nessa questão ao ser entrevistada por Kara e nossa kryptoniana descobrir a existência de um aparelho que fala se uma pessoa é terráquea ou alien. Essa discussão faz Scorcher ir contra todos, pois teme que registrar nome, origem e poderes, pode causar uma caça as bruxas mais intensa.

Supergirl

E ainda sobre alien, ver Alex se ligando a uma detetive tão pró-alien, que a faz mudar de cabeça, é um ganho e tanto a série. Maggie (Floriana Lima, The Mob Doctor). Forte e destemida, sua conexão com Alex é interessante e traz um outro olhar sobre os alies.

No fim da trama fica questão: Quem está por trás de Marsdin?

NOVATOS

Mon-El finalmente acordou e jogou Kara longe com uma mão, mas por tê-la pego de surpresa. A questão é que logo que ela e Hank/J’onn J’onzz descobrem que ele estava mandando mensagem para Daxam, seu planeta que ficava aos arredores de Krypton. O dilema de Kara fica por conta de contar ou não a ele que Daxam virou um deserto, pois com a explosão de Krypton, os destroços destruíram toda a região e sem os satélites do planeta e com a gravidade modificada, Daxam virou um deserto.

Nos resta esperar e ver como ficará a relação dos dois a partir desta descoberta. Já quero mais sobre Mon-El, mas infelizmente fico sentindo que Winn está bem de lado neste começo de temporada, tirando umas pequenas, mas ótimas, sacadas com Superman nos episódios anteriores.

James está tendo que lidar com a liderança jogada em suas costas por Cat e ele sofre com a personalidade de Snapper e o fato dele não aceitá-lo sem um pulso firme. Gosto de como agora James e Kara precisam se acertar para se adequarem as novas posições.

Supergirl

E por fim a última filha, ou não, de Marte é encontrada por J’onn depois dele ser indicado por Marsdin a se infiltrar melhor, mas não para reconhecimento, mas sim para convivência e assim ter uma qualidade de vida melhor. Nessa ele resolve ir ao bar dos aliens e dá de cara com mais uma marciana. Nessa temos a entrada de Megan, ou melhor, M’gann M’orzz (Sharon Leal, de Grimm e Hellcats), a Miss Marte.

Supergirl continua desenvolvendo de forma incrível seus personagens e nos trazendo tramas leves e divertidas, mas sem esquecer da ação.

Fico por aqui, comentem e to be continued