Perfil HQ | Mantis (Marvel)

Já entramos na reta final para a estreia da sequência cinematográfica de Guardiões da Galáxia Vol. 2 (você pode ler nossa crítica aqui) e hoje trago a vocês o perfil de uma das novas personagens que será apresentada no filme: Mantis.

Vingadora, prostituta, mãe, Madonna Celestial e Guardiã, essas são algumas das facetas dessa personagem com uma história complexa dentro e fora dos quadrinhos.

Seu criador, Steve Eaglehart, após sua primeira saída da Marvel, usou a personagem em outras editoras, alterando seu nome, mas continuando seu desenvolvimento (sua gravidez na época), sendo que ela foi chamada de Willow (na DC Comics) e Lorelei (na Eclipse Comics), até que retornou a sua casa de origem, já com o filho nascido.

Origem

Filha do misterioso Libra, ainda criança foi deixada para ser criada com os sacerdotes de Pama, um grupo de refugiados Krees, que se escondiam na Terra. Os sacerdotes eram monges, de pele rosada, uma raça em extinção na época, caçada pelos Krees de pele azul.

Os monges Krees, acreditando no potencial de Mantis, que poderia vir a se tornar a Madonna Celestial, a futura mãe do Messias Universal, a treinaram em artes marciais e a ensinaram a usar dons psíquicos latentes, que nela se desenvolveram, como empatia, o poder de sentir e influenciar sentimentos alheios.

Já adulta, ela tem sua memória apagada para que pudesse experimentar o mundo fora do monastério Kree, e então conhece Espadachim, mentor do Gavião Arqueiro, quando era prostituta num bar vietnamita, Mantis se une aos Vingadores e parte em sua jornada de auto-descoberta e acaba por concretizar a profecia Kree, e é eleita a mulher perfeita pelos Cotati (raça alien de plantas racionais) e se torna a Madonna Celestial. Com isso ela sai da equipe e parte para o espaço, unida a um Cotati.

Depois é revelado que dessa união ela gera um filho (Sequoia) e também tem seus poderes alterados, e além da empatia, ela agora é telepata, capaz de gerar fogo e rajadas energéticas, se comunicar com plantas, voar, e teve sua pele alterada de branco para Verde.

Melhores Aparições

Thanos War: Captain Marvel #31-33 e Avengers #125: Junto aos heróis derrota Thanos em sua busca pelo Cubo Cósmico. Nessa história que ela começa a se ligar ao cosmo Marvel, hoje algo essencial a personagem.

Avengers #133-135: Lutando contra Kang, ao lado dos Vingadores e de Imortus, ela descobre seu passado, e a origem da Guerra Kree-Skrull, ao mesmo tempo que assume o papel de Madonna Celestial, o que a leva a partir da Terra para o espaço.

Star-Lord: Anihilation #1-4: Convidada pelo Senhor das Estrelas, ela entra para uma equipe de ataque infiltrado a Falange, raça conquistadora que devastava a galáxia. Após isso ela se une a Peter Quill e o ajuda a formar os Guardiões da Galáxia.

Na fase que seguiu, Mantis teve grande destaque como membro da equipe espacial. Recentemente ela reapareceu nas páginas da equipe, mas com novo uniforme e atuando na equipe Tropa de Lugar Nenhum junto a outros ex-membros dos Guardiões da Galáxia.

Prontos pra ver o que vão aproveitar de Mantis no filme dos Guardiões? Comente conosco aqui no site ou em nossas redes sociais (@ArrobaNerd)… Então, até a próxima.