Legends of Tomorrow | 2×13-14 – Land of the Lost / Moonshot

Com dois episódios excelentes, Legends of Tomorrow se redime pelo início mais lento e confuso e já nos entrega uma trama mais bem amarrada, divertida e cheia de ação para todos os seus personagens. Rip Hunter finalmente volta com tudo e o conceito utilizado para mostrar sua mente, presa por Eobard Thawne, e sua conexão com Gideon foi uma sacada e tanto.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Então foi isso, no primeiro episódio temos a imersão de Jefferson e Sara na mente de Rip depois de descobrirem que podem fazer isso com uma dica de Mick. A questão é que na mente deturpada dele, Sara e todos os outros são inimigos e somente Gideon, que Eobarne não conhecia está do lado deles. Com ajuda delta tudo é rapidamente resolvido, e confesso que foi uma saída deliciosa. A maior das questões foi ver que o beijo que ele deu na AI a nave também sentiu e foi legal, e acredito que ela saiba do beijo por monitorar a mente dele enquanto Sara e Jefferson estavam por lá.

Aí veio o episódio com a viagem a lua. Para mim um dos melhores até agora. Os efeitos foram bons, a trama de Nate e seu avô Comandante Gladio encaixou bem e até mesmo os sacrifícios a serem tomados foram bem abordados. Mas o ponto alto ficou a conversa entre Ray e Eobard, onde ele deixa claro que não somente as atitudes tornam alguém vilão, mas sim as vontades e o empenho em querer mudar as coisas.

Ainda não sabemos as intenções de Eobard com a Lança do Destino, mas fica claro que é seu desejo em mudar o que Barry fez, ou melhor, evitar que seu antepassado, no caso Edward Thawne, se mate e acabe com sua existência, já que precisa ficar fugindo atrás de evitar ser apagado da história.

Os dramas foram bem desenvolvidos, mas aqui o foco foi a relação de Nate e Amaya. Ele queria salvar o avô e com isso, ao saber do presente e futuro da amada, já que Ray lhe contou o motivo de não aprofundar a relação dos dois, usa isso em troca. O problema é o que isso pode mudar para Amaya e sua herdeira, Mari. Amaya voltaria para seu vilarejo em Zambesi, teria uma filha, o vilarejo seria queimado e Mari entrega a adoção e se tornando a heroína Vixen, em Dallas.

Cada episódio que se passa Legends of Tomorrow trabalha melhor seus personagens e dão um panorama mais interessante. Por exemplo, é ótimo ver Mick lembrar Martin que ele não viverá para sempre e que precisa começar a tratar mais como parceiro do que tutor. Já quero mais, e quem diria que estaria curtindo tanto a série.

Fico por aqui, comentem e to be continued