Tom Clancy’s Jack Ryan | Primeiras Impressões

Como uma verdadeira e autentica série que fala sobre terrorismo, contra-terrorismo, espionagem e inteligência Tom Clancy’s Jack Ryan acerta em ter um bom elenco, uma trama globalizada e que prende atenção logo no seu começo mesmo que não entregue nada de novo para o gênero.

Protagonizada por John Krasinski, o eterno Jim da série The Office e visto no excelente Um Lugar Silencioso (2018), Tom Clancy’s Jack Ryan consegue nos mostrar uma produção até que bem feita sobre um analista da CIA que é recrutado para uma missão fora do cubículo onde ele sempre trabalhou e vai parar no meio do Oriente Médio.

Foto: Amazon Prime VIdeo

Para os fãs de filmes e outras produções do gênero Tom Clancy’s Jack Ryan é um prato cheio. Temos ação, explosões, tramóias governamentais, traições ali e aqui e claro que não poderia faltar também aquele grande plot de conspiração. Se fossem do mesmo canal, Tom Clancy’s Jack Ryan e Homeland poderiam muito bem interligar suas histórias e compartilhar episódios, mesmo que no final, o que a personagem de Claire Danes e o de John Krasinski tem em comum é que apenas os dois tem aquele olhar certeiro e aquela intuição para identificar terroristas.

Tirando isso, Tom Clancy’s Jack Ryan tem um tom mais leve que sua colega Homeland, principalmente na parte do drama mas não deixa de mostrar uma realidade impressionante sobre como as coisas acontecem quando o assunto é terrorismo. Na série, Ryan é um analista da CIA de uma divisão quase esquecida e com pouca credibilidade que tem em seu trabalho a função de seguir o dinheiro de contas com atividades suspeitas.

Os primeiros episódios servem para dar o tom tanto para a série quando para o personagem e Krasinski além de estar muito bem na série, consegue manter um olhar inocente para Ryan, onde o analista é a pura definição de “um bom escoteiro” e é tudo que o Clark Kent nos quadrinhos representa. Krasinski faz um Clark Kent melhor que Henry Cavill e mesmo a série não sendo bem o personagem, afinal a produção da Amazon Prime é baseada na franquia de livros do autor Tom Clancy sobre o personagem que tem sido lançados desde de 1984, o ator mantém esse estilo “bom garoto” nos primeiros capítulos enquanto vemos como é um pouco da sua vida dentro do escritório da CIA.

Assim, junto com seu novo chefe James Greer (o ótimo Wendell Pierce) eles vão montar uma força-tarfa para encontrar o terrorista que não está no radar de nenhuma grande agência de inteligência do mundo, a não ser pelos reports financeiros de Ryan. O analista é o único que acredita que um grande evento terrorista vem por aí e com a ajuda de Greer, e sua fama de ser rebelde e não seguir bem as regras, é que vemos a trama realmente engatar e realmente começar de verdade.

Foto: Amazon Prime VIdeo

O bom de Tom Clancy’s Jack Ryan que a série consegue criar uma narrativa onde as coisas se desenrolam rapidamente (e até um pouco fácil demais em alguns momentos) mas parece acertar em criar uma expectativa para um grande evento terrorista que vem à caminho. Mas a série também não deixa de ter nos primeiros episódios, momentos de ação e passagens que desenvolvem seus personagens desde do lado ocidental como do lado dos chamados terroristas, com todo um arco narrativo para a família do tal líder terrorista Suleiman (Ali Suliman).

Tom Clancy’s Jack Ryan acaba por ser uma série bem feita mesmo que os efeitos especiais poderiam ser um pouco melhores e talvez o roteiro não devesse jogar tantos personagens logo de cara para quem assiste lembrar quem é quem mas esse drama de ação acerta em ter uma trama de longo prazo que se molda ao decorrer dos primeiros episódios.

Nossa expectativa é que ao decorrer da série conseguimos descobrir alguns dos detalhes do passado dos personagens, como por exemplo qual o motivo que Greer foi parar no comando da unidade de Ryan, ou conhecer mais sobre passado do personagem principal e seu envolvimento com operações da Marinha americana e até mesmo as motivações das células terroristas.

A série não segura ou alonga muito seus arcos e parece que sempre irá introduzir uma nova variável na história, o que deixa a produção com um gás interessante ao deixar a trama movimentada. John Krasinski segura as pontas e faz um bom protagonista mesmo que Tom Clancy’s Jack Ryan acabe ficando um pouco no lugar comum em relação as outras séries do gênero.

Os episódios de Jack Ryan chegam no dia 31 de agosto pelo Amazon Prime Video.

Miguel Morales

Sempre posso ser visto lá no Twitter falando sobre o que acontece na TV aberta, nas séries, no cinema e claro outras besteiras. Uso chapéu branco e grito It's Handled! Me segue lá: twitter.com/mpmorales