The Good Fight | 1×09 – Self Condemned

E nada realmente é o que parece, principalmente na vida de Maia. The Good Fight ainda trabalha algumas tramas paralelas, mas a da família Rindell e o tanto de dinheiro que desviaram no esquema, segue sendo o mais intrigante, principalmente por jogar Maia contra a própria família. Ah! Foi bacana ver mais uma vez o controverso Sweeney.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

De primeira não vamos com a cara com a personagem de Jane Lynch, que já chega colocando Maia contra a parede, obrigando Lucca a sempre interrompê-la, já que ela está ali para analisar o caso, não acusar ninguém. O problema é que a forma que Starkey usa faz Maia se lembrar de coisas que não gostaria, principalmente o envolvimento de sua mãe, Lenore, com Jax, o que acaba piorando sua situação.

Ao ir destrinchando o relacionamento de Maia e sua família, a ruiva acaba descobrindo que sabia sim do esquema do pai por ter ouvido por trás das portas de sua casa. Mas ela só comenta isso com Lucca, deixando para Starkey a informação de que quando assinou os documentos para a Fundação Rindell ela ainda era menor, deixando-a escapar dessa situação. A questão é até onde Maia irá para se livrar da prisão e complicar a vida dos pais…

Diane e Adrian ficam eufóricos ao descobrirem que mais uma vez Andrew se meteu em confusão envolvendo abuso policial, mas eis um problema: o abusado dessa vez é o controverso Sweeney. O desenvolvimento do julgamento dele é delicioso, além de ser bacana ver personagens de The Good Wife retornando, caso do próprio Sweeney e também do Juiz Linden.

Sweeney mais atrapalha do que ajuda no julgamento e a todo instante surgem novas evidências e quando eles tem tudo para vencer o caso, Sweeney retira a queixa para não se queimar, já que quer ser embaixador e levava uma pessoa influente para uma festa regada a sexo e drogas.

Senti falta de Marissa e suas investigações e falta a Jay um pouco mais de imposição. Fora isso The Good Fight consegue fazer episódios gostosos de se assistir, e mesmo quando um é mais lento, ele não chega a interferir na qualidade da temporada até aqui.

Fico por aqui, comentem e to be continued