A Million Little Things | 1×07 – I Dare You

O melhor drama de A Million Little Things para mim tem sido o de Rome e Regina, a dor da esposa descobrindo a depressão do marido e o desejo dele em dar fim da vida, antes de perder o amigo, foi tão intenso, que as outras coisas apenas passaram em torno disso…

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Rome começou a sentir muitas dores e Regina começou a surtar, achando que fosse algum outra coisa referente a sua condição, até remédios que tenha tomado, e a forma como eles sentem a dor de terem um ocultado as coisas do outro foi tão forte que ela prefere tentar um recomeço, um novo jantar, ao invés de fingir que nada aconteceu. As dores, as pedrinhas nos rins, tudo foi muito bem encaixado e desenvolveu muito bem a relação dos dois.

Já Maggie e Gary ficam nessa briga para um convencer ao outro que está bem com as decisões tomadas, mesmo que as dela a coloque em risco. Maggie até entra no jogo de Gary, canta, dança, briga com uma terapeuta de rádio, mas sente-se incomodada com ele sempre a lembrando que precisa, que tem, de fazer quimioterapia, voltar para um tratamento… Os dois então, de novo, brigam e ficam longe um do outro.

Gostei de darem mais espaço a Katherine, mostrarem seu trabalho, como ela é respeitada, e como ela tem que lutar todos os dias para isso. Ver amigos de trabalho e até um affair novo é interessante para ela, e ela merece depois de ser enganada. Gostei de Gary encontrar com ela no restaurante, depois de se decepcionar com Maggie, e dizer para a colega ser feliz, pois ela merece.

Agora, Dellilah e Eddie foram apenas ok na trama. Dellilah lidando com o sentimentalismo em cima da gravidez e as contradições sobre contar ou não aos filhos, ainda mais sabendo que o bebê é de Eddie, não de Jon. Gostei de seu momento com Danny.

A Million Little Things tem bastante a mostrar e alguns de seus dramas são interessantes, só espero que saibam trabalhar melhor alguns personagens. A série está sendo disponibilizada pelo Globoplay.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.