Entrevistas Filmes 

Batemos um papo com o elenco do novo filme da franquia Halloween, Halloween Kills – O Terror Continua

Arroba Nerd foi convidado para bater um papo com o elenco de Halloween Kills – O Terror Continua e trazemos aqui tudo que conseguimos descobrir do novo longa da franquia Halloween.

Além de falarmos com Jamie Lee Curtis que retornou para a sequência como Laurie Strode, o site bateu um papo também, juntamente com outros jornalistas de diversas partes do mundo, com os atores Andi Matichak, Anthony Michael Hall e Kyle Richards.

Batemos um papo com a atriz Jamie Lee Curtis que retorna como Laurie Strode em Halloween Kills – O Terror Continua.

Matichak interpreta Allyson, a neta de Laurie que ganha muito mais destaque em Halloween Kills – O Terror Continua.Hall, interpreta o personagem Tommy Doyle, uma versão adulta do personagem que foi visto no filme original de 1978 e interpretado quando criança por Brian Andrews.

Em Halloween de 1978, Laurie ficaria responsável de babá para Tommy quando Michael Mayers ataca a personagem e esconde as crianças no banheiro.

Outra criança que apareceu no filme original e retorna para o longa de 2021 é Lindsey Wallace que foi interpretada pela atriz Kyle Richards na época, quando criança, e agora, já adulta, retorna para o novo filme também.

Lindsay (Kyle Richards) em cena de Halloween Kills – O Terror Continua
Foto: Universal Pictures

Durante o nosso bate-papo a atriz comenta que o melhor momento para ela durante a produção de Halloween Kills – O Terror Continua foi estar de volta no mesmo papel depois de tantos anos. “Eu trabalho [na indústria] minha vida toda. Então estar de volta, fazendo a coisa que eu mais amo, e estar no set todas essas pessoas talentosas, isso me faz me sentir completa e realizada. É muita adrenalina e empolgação. Só de estar ali e ter esse trabalho é a melhor parte para mim.”

Ela completa: “Foi maravilhoso… trabalhar [nos filmes] quando criança foi muito diferente do que trabalhar como uma pessoa adulta. Eu só consegui ter mais apreciação sobre o filme, os atores, e ter uma nova experiência de trabalhar com todo mundo todos esses anos. Eu fiquei chateada quando o filme foi adiado por causa do Covid-19, mas agora que podemos ter uma experiência nos cinemas, e dividir com uma audiência, vamos lançar no Peacock também, mas ver nos cinemas foi muito empolgante.” 

Lindsay (Kyle Richards) em cena de Halloween de 1978.
Foto: Reprodução

Sobre os maiores desafios durante as gravações de Halloween Kills – O Terror Continua, os atores contaram um pouco das curiosidades de se fazer o longa.

Kyle Richards comenta que o maior desafio para ela ao fazer esse filme foi ser perseguida por Michael Mayers. A atriz comenta: “Eu estava sendo perseguida por Michael Mayers e acabei parando em um pântano e que eles me avisaram que tinham jacarés!” 

“Eles me falaram que iam tentar os manter longe de mim e iam ficar de olho para ver se eles não iam aparecer” afirmou ela de forma super humorada. “E quando eu cheguei para gravar a noite tinha cobras também. Eu estava tão empolgada com esse papel… e sabia que quando chegasse o momento [de gravar as cenas que é perseguida pelo vilão] eu iria ficar apavorada.” 

Já para Anthony Michael Hall uma das cenas que mais foram desafiadoras foram algumas durante os momentos finais do longa. Sem spoilers aqui.

Ele diz: “Mais para o final do longa, perto do clímax, quando o negócio tá pegando fogo, e Judie [Green], Jamie [Lee Curtis] e eu estamos no hospital e está todo mundo correndo feito maluco e achei muito desafiador. Eu queria deixar a situação o mais real possível. Tommy é um lutador. É um grande arco narrativo que David [Gordon Green, diretor e roteirista] e Scott [Teems, o roteirista] nos deram, que nos fizeram voltar para lutar, e nos unificarmos. Tentei fazer [minhas cenas] da forma mais real possível. É a forma que eu trabalho.” afirma ele.

O ator completa: “Assim como Kyle, eu tive momentos incríveis trabalhando com essas pessoas. E ter essa energia adicional ao sabermos o quanto as pessoas amam essa franquia, e de ter trabalhado com tantas pessoas legais, foi um prazer e um privilégio.” afirma ele.

Tommy ( Anthony Michael Hall) em cena de Halloween Kills – O Terror Continua
Foto: Universal Pictures

Já Andi diz: “Uma das melhores coisas desse filme é que podemos ver e trabalhar melhor esses personagens. É como se abrissem uma lupa e conseguimos ver de perto todas essas pessoas que precisam lidar com esse sentimento de trauma coletivo que se passaram ao longo dos anos e tomou conta dessa cidade. E como eles decidiram fazer justiça com as próprias mãos e juntos se levantarem contra um sistema quebrado que não estava realmente funcionando para eles… e para o bem ou para o mal eles tinham os apoios uns dos outros.” 

Ela comenta: “Halloween Kills – O Terror Continua é como se fosse uma grande fera. É um filme muito técnico, tem muita ação nele, tem muitos acontecimentos rolando, muitos personagens, é realmente um grande filme com um grande elenco. Assim, as questões técnicas que envolvem o longa foram provavelmente as coisas mais desafiadoras. Honestamente, a coisa que eu acho mais desafiadora mesmo que eu só tive experiências positivas, boas memórias.”

Antony diz: “São várias circunstâncias que se unem [e que estão presentes no filme]. As coisas que vemos no mundo, como os problemas de nossa sociedade, a pandemia.. e muitos deles se espelham no que fizemos. Fizemos o filme antes de muita coisa acontecer.. então é uma reviravolta estranha, afinal, eu [particularmente] não estava pensando nessas coisas, pq o mundo não tinha chegado nesses assuntos. Então foi um desenvolvimento interessante… então deu tempo da sociedade copiar algumas coisas que vemos no filme mesmo que gravamos uns dois anos antes de tudo acontecer.”

“Não foi arte imitando vida e sim a vida imitando arte. O filme aconteceu antes de disso tudo acontecer.” finalizou o ator.

Eles comentam sobre o que eles acham que fazem do terror um gênero tão popular. 

Kyle diz: “As pessoas amam se assustar. Aquela empolgação, a adrenalina que as fazem voltar para mais. E alguma coisa como Halloween cujo os personagens foram desenvolvidos por John Carpenter, Debra Hill e outros há vários anos atrás. As pessoas estão investidas, sabe? Onde elas estavam, o que aconteceu com as vidas delas tantos anos depois e etc. Mas é pela emoção sim. ”

Antony diz: “As pessoas, lá no fundo, querem ser assustadas, querem ser chocadas, temer o escuro… Acho que todos esses elementos contribuem para isso. Inconscientemente as pessoas acabam por serem fascinadas por isso. É uma experiência coletiva”

“É como se estivéssemos em uma montanha russa”, diz Kyle. “Eu concordo”. finaliza o ator.

Allyson (Andi Matichak) e Cameron Elam (Dylan Arnold) em cena de Halloween Kills – O Terror Continua
Foto: Universal Pictures

Já Andi comenta: “Fazer parte dessa franquia é incrivelmente especial, um dia desses eu estava dirigindo para casa depois de ir experimentar uma roupa, e passamos pela Times Square. Quando o farol fechou, eu olhei para cima e vi um gigantesco cartaz de Halloween Kills – O Terror Continua … eu comecei a chorar, claro. O poder de estar envolvida em alguma coisa desse tipo, tão gigantesco, tão amado por tantas pessoas, e ter tantas pessoas icônicas envolvidas… Jamie por exemplo me colocou debaixo de sua asa e me acolheu de uma forma tão graciosa e me fez sentir parte de uma família. Era como se fosse meu destino estar aqui… eu jamais poderia ter sonhado ou pedido alguma coisa desse tipo. Assim ter visto aquele mega cartaz e estar envolvida com isso tudo, com os fãs de terror é uma coisa que eu jamais poderia ter sonhado de tão bom.”

E a noite de Halloween, quando Michael Myers voltou, ainda não acabou. Minutos depois de Laurie Strode (Curtis), sua filha Karen (Judy Greer) e sua neta Allyson (Andi Matichak) deixarem o monstro mascarado Michael Myers enjaulado e queimando no porão de Laurie, Laurie é levada às pressas para o hospital com ferimentos graves, acreditando que ela finalmente matou seu torturador ao longo da vida. Mas quando Michael consegue se livrar da armadilha de Laurie, seu ritual de banho de sangue recomeça.

Enquanto Laurie luta contra sua dor e se prepara para se defender dele, ela inspira todos em Haddonfield a se levantarem contra seu monstro imparável. As mulheres Strode se juntam a um grupo de outras sobreviventes da primeira violência de Michael, que decidem fazer justiça com as próprias mãos, formando uma multidão de vigilantes que começa a caçar Michael de uma vez por todas. O mal morre hoje.

Halloween Kills: O Terror Continua chega agora em 14 de outubro de 2021.