Samurai Shirô, HQ de Danilo Beyruth, vira filme dirigido por Vicente Amorim com Rhys Meyers

O ganhador do Globo de Ouro pela minissérie Elvis (no papel-título) Rhys Meyers, é o protagonista da versão cinematográfica de Samurai Shirô, HQ de Danilo Beyruth lançada pela Darkside Books. Este é o segundo livro nacional da editora a ser transformado em obra audiovisual. Em setembro, a Netflix anunciou a versão para série do livro policial Bom Dia, Verônica, da dupla Ilana Casoy e Raphael Montes.

Danilo possui um olhar cinematográfico natural. É um narrador hábil e objetivo, dono de um traço maduro e internacional“, diz Christiano Menezes, sócio e diretor editorial da Darkside Books.

A HQ de Beyruth será vertida para o cinema sob a direção de Vicente Amorim e a produção da Filmland International. A notícia foi publicada esta semana na Variety e já está na lista de produções do IMDB com o título internacional Yakuza Princess, com lançamento previsto para 2020. Também está no elenco a cantora e atriz nipo-americana Masumi.

A adaptação para filme é um processo engraçado porque, de repente, a história que saiu da sua cabeça se transforma em imagens em movimento. O que era uma visão minha passa pelo filtro não só do diretor, o Vicente Amorim, mas também pela atuação dos atores, por toda a equipe que colabora com o filme e se transforma em algo novo. Estou muito animado com o projeto e muito confiante com o que tenho visto“, conta Beyruth.

Normalmente, adaptando quadrinhos ou literatura, a obra escrita é o ponto de partida. Com o Danilo, por causa do seu domínio sobre a construção dramática e a textura, ele nos mostra já a linha de chegada“, elogia Amorim.

Yakuza Princess chega aos cinemas em 2020.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.