Letícia Sabatella faz ciúme no marido em cena de Happy Hour – Verdades e Consequências

No filme Happy Hour – Verdades e Consequências, que estreia em 28 de março, o professor argentino Horácio (Pablo Echarri) mora no Rio de Janeiro há muitos anos, mas ainda se sente estrangeiro. Na tentativa de ajudar o conterrâneo Ricardo (Luciano Cáceres), recém-chegado ao Rio, Horácio acaba diante de uma situação inusitada: com o apoio da esposa de Horácio, Vera (Letícia Sabatella), Ricardo se abriga em sua casa e vai ocupando, pouco a pouco, um lugar que Horácio imaginava que era exclusivamente seu.

No longa, a vida de Horácio se transforma quando ele se torna conhecido da imprensa e da população carioca depois de capturar, acidentalmente, o bandido Aranha (Pablo Morais). Com a visibilidade, ganha mais prestígio – e sex appeal – junto às jovens alunas. Tentado a ceder aos encantos da sedutora Clara (Aline Jones), ele decide, então, assumir seu desejo e propõe à mulher que se abram para outras aventuras.

Vera se vê dividida entre aceitar o novo modelo de casamento e se divorciar. Presos num mundo de verdades e mentiras, os dois precisam fazer escolhas: viver uma vida conservadora que atende aos preceitos da carreira política da deputada ou assumir os efeitos de romper com as estruturas do casamento.

No elenco estão também Chico Diaz, Rocco Pitanga, Pablo Morais e Luciano Cáceres. Com distribuição da Imovision, produção da Urca Filmes e da Haddock Filmes, o longa tem roteiro e direção de Eduardo Albergaria.

Happy Hour – Verdades e Consequências o filme chega aos cinemas no dia 28 de março.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.