Joss Whedon abandona o filme da Batgirl

Joss Whedon, criador de Buffy – A Caça Vampiros, anunciou que está se retirando do filme da Batgirl para a Warner Bros. Whedon deveria escrever e era esperado que também dirigisse a produção.

A Batgirl é um projeto excitante e a Warner e a DC são tão colaboradores e parceiros que demorei meses para perceber que realmente não tinha uma história“, Whedon contou ao The Hollywood Reporter. “Sou muito grato ao Geoff Johns (Presidente da DC) e ao Toby Emmerich (Presidente da Warner Bros Pictures) e a todos que me receberam quando cheguei e tão compreensivos quando eu… tem alguma forma mais sexy para a palavra ‘falhei’?

Whedon foi contratado para trazer a história de Barbara Gordon, filha do Comissário Gordon, para as telas e fazer companhia à Mulher-Maravilha como ícones de empoderamento. Após anos na sombra do Batman e relacionada à violência do Coringa, a Batgirl teve uma evolução interessante nos quadrinhos da DC, sendo reinventada e se desligando de seu passado violento e servindo de modelo para jovens em busca de independência.

A notícia sobre a saída de Joss Whedon vem em um momento interessante para a indústria. Muitos dizem que um filme com temática tão feminista não seria bem aceito se tivesse um homem como força criativa. Mesmo sendo um pioneiro no tratamento de personagens femininas fortes, recentes notícias sobre sua infidelidade com a ex-esposa Kai Cole tornariam a sua participação um tanto quanto hipócrita.

Ainda não há informação de quem o substituirá, ou mesmo se o projeto seguirá nos planos da Warner.

Paulo Halliwell

Professor de idiomas com mais referências de Gilmore Girls na cabeça do que responsabilidade financeira. Fissurado em comics (Marvel e Image), Pokémon, Spice Girls e qualquer mangá das Clamp. Em busca da pessoa certa para fazer uma xícara de café pela manhã.