Girls | 6×03 – American Bitch

A última temporada de Girls segue daquele jeito maravilhoso e bem Girls de ser, que só a série consegue fazer!

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Como falamos nas outras reviews sempre rola um episódio solo com a Lena Dunham sozinha com um personagem avulso e um ator conhecido do público. O episódio dessa sexta e última temporada que acontece isso é este 6×03! Conhecemos Chuck Palmer (um Matthew Rhys bem transtornado) um escritor famoso e de sucesso com vários livros publicados que mora em um casa grande em Nova York. Mas o problema é que ele acaba sendo acusado por algumas estudantes de assédio sexual e Hannah fez um texto falando sobre o ocorrido. Palmer chama nossa escritora favorita para sua casa para bater um papo. Assim temos o episódio focado em Hannah.

Um episódio cheio de monólogos, com uma discussão importante sobre o que ronda a internet nos dias de hoje, onde todo mundo é carrasco e executor. As meninas falaram e acusaram o escritor e a história tem circulado com uma grande velocidade online e agora ele quer dar sua versão dos fatos, insistindo que não aconteceu nada e foi tudo consensual. Assim, Hannah e Palmer conversam, e Hannah acaba se abrindo para ele sobre a história de ter recebido uma massagem nas costas de um professor no ensino fundamental e como aquilo a marcou. Mesmo quando o problema envolve os outros, e terceiros, Hannah acaba por se envolver e trazer o problema para ela. Clássico Hannah.

Assim ao criarem um rápido vinculo os dois deitam na cama e você espera algum momento de reflexão e o escritor tira seu pênis das calças e coloca na perna da personagem. Uou HBO jogada ousada. Claro que o membro é uma prótese que o ator usou, mas a cena é tocante, triste e engraçada para não se dizer bizarra tudo a mesmo. Hannah toca no membro dele e eles ficam se olhando de um jeito “O que aconteceu aqui?”.

E o episódio termina com Hannah e Palmer vendo a filha dele tocando uma música de Rihanna, “Desperado” e a gente entende todo o conflito entre os dois e como o ser humano é um ser complexo. Outro episódio que Lena Dunham tenta criar um momento de reflexão sobre o que é ser mulher nesses tempos e o que mulheres heterossexuais passam na vida sendo as vezes subjugadas e as vezes tentando se empoderar a medida que sempre tentam se descobrir. Com essa nova experiência como Hannah transmitir isso em seus textos? E em sua vida? Precisamos dos próximos episódios para saber.

A última temporada de Girls está disponível no aplicativo da HBO GO BR logo após sua exibição aos Domingos na HBO.