E3 2019 | O que rolou de mais interessante na conferência da Bethesda

A conferência da Bethesda durou aproximadamente 1h21m e se iniciou com um vídeo de funcionários da própria empresa falando da importância dos gamers e como eles são gratos pelo apoio e feedback da comunidade. Obviamente uma forma de se desculpar pelas escorregadas recentes e provavelmente pelos problemas com Fallout 76. Pete Hines, responsável pelo marketing e comunicação da Bethesda, assim que adentrou o palco, continuou com o mesmo discurso. Ressaltando a importância da comunidade e do feedback da mesma.

Em seguida tivemos Todd Howard, produtor executivo da Bethesda fazendo piada com os escorregões que a empresa deu durante o ano passado, justificando que os problemas ocorridos com Fallout 76 foram pela falta de experiência e que o jogo recebeu muito criticismo e que desde então a equipe vem trabalhando duro na correção de bugs e falhas. Todd também focou o discurso na importância da comunidade e no quanto eles se importam com a mesma.

A conferência como um todo foi bem morna, onde o ponto alto foi Doom Eternal e o teaser de GhostWire Tokyo.

Fallout 76

O jogo finalmente vai receber aqueles NPC’s que todos questionavam o paradeiro na atualização Wastelanders, esta que chegará gratuitamente no final de 2019 e que pretende mudar a experiência em jogo. A premissa é que já se passaram praticamente doze meses desde a abertura do Vault 76, outros humanos estão voltando para retomar os Apalaches. Facções de colonos e saqueadores, trazem mais vida e novas missões. A tentativa da Bethesda de se redimir com o público e colocar no jogo o que deveria estar presente desde o dia um. Além dos NPC’s, teremos novas missões em que nossas escolhas terão consequências, facções, novas armas, armaduras e muito mais.

Outra novidade é que Fallout 76 ganha um modo Battle Royale para chamar de seu. Nuclear Winter colocará 52 jogadores para lutarem entre sí e assim definir quem será o supervisor do Vault 51. O gênero que se tornou popular nos últimos anos também foi uma adição que muitos não esperavam, já que a maioria dos players vem cobrando mais as correções do jogo para começo de conversa.

GhostWire: Tokyo

O novo jogo da Tango Gameworks foi apresentado pelo produtor executivo Shinji Mikami e a diretora criativa Ikumi Nakamura, que deu um show de simpatia à parte e ganhou muitas citações no twitter. GhostWire: Tokyo mistura ação e aventura com aquele suspense e pitadas de sobrenatural que nos é familiares, já que a Tango é responsável pela franquia The Evil Within. Mas de acordo com a apresentação e o teaser que foi exibido, GhostWire: Tokyo se distancia dos jogos de terror e sobrevivência pelos quais a Tango é conhecida, focando-se mais em elementos mitológicos japoneses, em uma Tóquio que começa a ser assolada por desaparecimentos de pessoas sem explicação aparente e cabe a você descobrir o motivo, enfrentando anomalias paranormais e forças desconhecidas e assim livrar a antes agitada cidade deste mal sobrenatural.

DEATHLOOP

A desenvolvedora Arkane Lyon, criadora de Dishonored apresentou o seu novo jogo de ação em primeira pessoa entitulado DEATHLOOP. De acordo com Dinga Bakaba e Sébastien Mitton, ambos da Arkane Lyon, o jogo é algo inovador e estiloso, com áreas meticulosamente projetadas que dão aos jogadores a liberdade de abordar cada situação da maneira que quiserem.

DOOM Eternal

Talvez o grande momento da noite tenha sido a hora que a carnificina deu as caras na conferência da Bethesda. DOOM Eternal se passa após os acontecimentos de DOOM (2016) e na pele do DOOM Slayer, você retorna à Terra para se deparar com uma invasão demoníaca, nada de mais. O jogo está previsto para ser lançado no dia 22 de novembro para PC, Nintendo Switch, PlayStation e Xbox One.

A id Software também apresentou o novo Battlemode que é a nova experiência multiplayer de 2 contra 1. Um DOOM Slayer armado até os dentes enfrenta dois demônios controlados por jogadores em três rodadas intensas de combate em primeira pessoa.

Wolfenstein

Wolfenstein: Youngblood foi concebido pela MachineGames em parceria com a Arkane Lyon e trás de volta toda a ação frenética em um mundo dominado por nazistas, o jogo agora foca mais em uma experiência cooperativa e na pele das filhas de J. Blazkowicz , que desapareceu em Paris, terá como missão justamente encontrá-lo e trazer o mesmo são e salvo de volta para casa. O jogo sai no dia 26 de julho para PC, PlayStation 4, Xbox One e Nintendo Switch.

E para aqueles que procuram uma experiência VR, surge Wolfenstein: Cyberpilot onde o jogador é o melhor hacker da região e a resistência francesa precisa da sua ajuda. Também produzido pela MachineGames e desenvolvida pela Arkane Lyon, esta experiência de jogo em realidade virtual coloca o jogador na cabine das máquinas de guerra nazistas, esmagando, queimando e causando muito pelas ruas de uma Paris distópica. Wolfenstein: Cyberpilot chega para PC também no dia 26 de julho.

RAGE 2

Lançado há algumas semanas, RAGE 2 já recebe suas primeiras atualizações e muitas que estão por vir. A Ascensão dos Fantasmas, que chegará provavelmente ainda este ano trará uma nova história, uma nova facção inimiga (os Fantasmas), novas armas e habilidades.

The Elder Scrolls

A franquia também tem várias novidades como The Elder Scrolls: Blades que chegará ao Nintendo Switch no final do ano. De acordo com as informações, os jogadores poderão transferir seu progresso da versão para celulares. O jogo rodará tanto no modo TV quanto no modo portátil, Blades no Switch aproveita os Joy-Cons e os controles de movimento únicos da plataforma para permitir uma variedade de estilos de jogo. Vale lembrar que a versão para celular também ganha novos conteúdos que adicionam novos conteúdos e recursos solicitados pelos jogadores, incluindo uma nova linha de missões para Matador de Dragões, batalhas para um jogador na Arena, novos tipos de trabalho, o sistema de adereços, suporte a jogadores de nível 50+, novas decorações e NPCs com voz para momentos importantes da história e interações na cidade.

The Elder Scrolls Online também ganhará duas novas DLC’s: Scalebreaker e Dragonhold. Estas DLC’s chegarão nos próximos meses e desafiarão os jogadores a encontrarem maneiras de derrotar as feras aladas e trazem de volta Sai Sahan, um dos Cinco Companheiros originais, como o líder da Guarda do Dragão, um lendário grupo de guerreiros temido por dragões de todas as terras por sua proeza em derrotá-los, e será a épica conclusão da Temporada do Dragão.

A Bethesda também falou um pouco sobre o projeto Orion um software voltado para melhorar a qualidade de transmissão de jogos através da nuvem em que eles estão trabalhando e também liberou o trailer de Commander Keen, jogo para celulares que é uma reimaginação do título original lançado pela id Software na década de 90.

A conferência se encerrou com Pete Hines de volta ao palco e mais um belo vídeo sobre a importância de todos os gamers e da comunidade.

Erick Cartman

Meu nome é Erick Antunes mas uso o nickname de Erick Cartman há tanto tempo que assumi o mesmo...rs Cursei Administração e atualmente faço Licenciatura em Letras e Inglês. Sou um cara comum que prefere passar o tempo livre conferindo animes, filmes, games, HQ's, kdramas, livros, séries e coisas relacionadas. Vale dizer que me amarro em uma distopia.